The Witcher: Uma breve crítica sobre o jogo e o filme

0

Antes de entrar na história de um dos bruxos mais conhecidos atualmente, é preciso entender um pouco mais sobre a saga The Witcher para conhecer os livros, jogos e agora a série na Netflix. 

A saga dos livros

The Witcher tem origem nos livros sendo um total de sete. Todos escritos pelo polonês Andrzej Sapkowski, que foram publicados na década de 1990. Assim como as obras, os jogos e a série contam a história do bruxo Geralt de Rivia.

Os dois primeiros livros, são contos de várias aventuras do personagem, enquanto que os outros cincos mostram aventuras maiores onde uma outra personagem a Ciri, ganha mais destaque.

Os jogos

Já existem 3 jogos na saga The Witcher, mas o que você precisa saber é que eles não são adaptações da obra. Pelo menos não por completo. Os jogos contam histórias originais, que foram criadas pelo próprio estúdio, que de certa forma levam em consideração o que acontece nos livros, mas eles não acontecem da mesma maneira.

É válido ressaltar que o criador da obra, Andrzej não considera os jogos uma continuação da história, mas sim, uma grande fanfic que é muito bem produzida.

O mundo The Witcher

Tanto os livros, quanto os jogos da série, The Witcher, acontecem em um mundo fantasioso medieval. Ele é dividido em reinos diferentes do Norte, e o grande império Nilfigaard ao sul. Um dos principais acontecimentos desse universo (embora não seja mostrado no jogo) é uma guerra provocada pelo reino do sul, que tenta invadir o reino do norte.

Com isso os reis nortenhos se unem, colocando de lado suas diferenças, para contra atacar os invasores. As consequências dessa guerra, são muito sentidas no jogo, e mesmo sendo algo fantasioso, a surpresa do mundo é contar com magia, feiticeiros, elfos, anões entre várias outras criaturas sobrenaturais e, é óbvio, bruxos.

Em The Witcher, os bruxos são humanos que sofrem mutações, passando a ter mais força e reflexos acima do normal. Usam magia básica através de sinais e são matadores profissionais, e têm basicamente a função de proteger a humanidade de outras criaturas sobrenaturais.

O personagem da história é considerado um pouco mais especial entre os bruxos. Isso devido ao fato de seu treinamento. Ele foi o único a sobreviver ao experimento e teve outros tipos de mutações, sendo assim, ele possui habilidades únicas.

Os jogos são extremamente bem feitos, bem criados e contam com histórias profundas, um RPG que vale a pena conhecer. Inclusive, se você já é fã da história ou tem curiosidade em conhecer mais, por um lado um pouco diferente.

 

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.