Tati Minerato é acusada de agredir motorista; mãe da influencer dá outra versão dos fatos

Tati Minerato foi acusada de se envolver em uma briga e atacar outra mulher

0

Tati Minerato foi acusada de se envolver em uma baita confusão, na tarde da última quarta-feira (22), em um minishopping em Arujá, no interior de São Paulo. De acordo com a exclusiva da colunista Fábia Oliveira, a influencer discutiu com uma mulher no estacionamento e a agrediu.

Priscilla Alcântara rebate falas de Bruna Karla: “É errado em muitos níveis”

A suposta vítima, que não quis se identificar, assume que fechou o carro de Tati, sem possibilitar que ela saísse, mas tudo foi sem querer: “Hoje, fechei a passagem do carro de Tatiane Minerato rapidamente. Imediatamente me desculpei várias vezes e, sem sucesso nas minhas desculpas, ela saiu do carro e após vários, muitos xingamentos – os mais horríveis, me agrediu fisicamente. Deu socos, arranhões e chutou meu veículo”.

“Logo após veio a mãe dela, uma senhora que inimaginavelmente gritou palavras horrorosas. Vagab…. foi a mais amena”, revelou a motorista, que conseguiu gravar Tati tentando tirar o celular dela, o que a deixou com um arranhão no braço. Em outro trecho, Sylvia, mãe da ex-Power Couple aparece aos berros.

A senhora de idade diz que já prestou um boletim de ocorrência e lamentou a situação: “Inadmissível para qualquer ser humano este tipo de selvageria, porque além de ter me pego desprevenida, eu, como continuei no carro, fiquei sem muita chance de reação”.

Mãe de Tati fornece outra versão dos eventos

Sylvia Minerato, mãe de Tati, forneceu para a colunista Fábia Oliveira sua versão dos fatos e diz que a senhora ficou mais de 40 minutos bloqueando a passagem do carro delas: “Nós fomos almoçar, após eu realizar um procedimento médico. Quando saímos, vimos que tinha um carro fechando completamente a passagem. Não dava para tirar nem o carro da minha filha e nem o carro do lado. E tinham várias vagas nesse estacionamento, a pessoa não estacionou porque ela não quis. Não estava cheio”.

“Ficamos olhando, não apareceu ninguém para retirar o carro e fui em todas as lojas perguntar de quem era o carro, um Porshe, que estava totalmente atravessado. A pessoa largou de qualquer jeito e saiu fora, sem ter noção de cidadania com o próximo”, continuou ela, frisando: “Passou 40 minutos, essa mulher entrou no carro dela e não falou nada. Perguntamos: “E aí, moça, você deixa o carro aqui, o que é isso? Faz um tempão que estamos esperando’. E eu tava passando mal, porque eu tinha feito um procedimento médico. Fiquei muito nervosa na hora”.

Sylvia admite que xingou a suposta vítima, mas apenas porque ela a ofendeu diversas vezes: “Ela ameaçou sair várias vezes do carro para agredir a minha filha, falando que iria dar na cara dela. Realmente xinguei ela, mas foi porque ela fez isso primeiro. Ela não pediu desculpa nem nada, é uma tremenda folgada. Fomos puxar a placa do carro dela e está cheio de multas. Um carro caro, mas cheio de multas, mais de 50 multas. Então não deve ser a primeira vez que ela faz uma coisa dessas”.

 

Veja também: Maraisa revela explosão de box de banheiro: “Estourou em mim”

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.