Talitha Morete volta a se desculpar ao vivo após ser acusada de racismo: “Errei”

A apresentadora do 'É de Casa', da TV Globo, ainda agradeceu a ajuda de Manoel Soares

0

Talitha Morete voltou a se desculpar, na manhã deste sábado (18), após ser acusada de racismo em edição anterior do ‘É de Casa’, da TV Globo. Na ocasião, ela pediu que a convidade Silene, uma cozinheira negra, servisse os outros convidados com a sua famosa cocada.

Morre a atriz Ilka Soares aos 89 anos de idade

“Queria começar pedindo desculpas a você de casa, como já fiz com a dona Silene, que convidei semana passada pra vir aqui dividir uma receita dela de uma cocada maravilhosa. Pedi pra dona Silene servir a cocada, quando na verdade e eu deveria servir. Eu errei. Quero transformar esse episódio em aprendizado, serviu de aprendizado, não só pra mim mas pra muita gente”, começou a apresentadora, que também atua como substituta de Ana Maria Braga, ocasionalmente, no ‘Mais Você’.

Por fim, ela também fez questão de enaltecer a atitude do colega, Manoel Soares, durante a situação: “Aproveito pra agradecer ao Manoel Soares pelo cuidado com a dona Silene. É importante a gente estar num grupo diverso, que comprova como o mundo pode ser melhor quando inclui a todos. Espero e desejo que a senhora venda muita cocada”.

Relembre o caso

Talitha Morete foi criticada nas redes sociais, nesta última terça-feira (14), após um momento dela no ‘É de Casa’, do último sábado (11), viralizar. No caso, a apresentadora pediu que a única convidada negra do programa, Silene, servisse cocada à todos por ter sido a autora do prato.

No Instagram, a jornalista pediu desculpas à todos: “Antes de vir aqui, a primeira coisa que fiz foi falar com a Dona Silene e pedir desculpas para ela. Eu também preciso me desculpar com todas as pessoas, com o meu público, pela minha fala. Errei e não há nada a ser dito para justificar ou minimizar esse erro, a não ser me desculpar”.

“Desde sábado, eu tenho refletido sobre o ocorrido. Eu tenho refletido sobre o lugar que ocupei nesse contexto. Como ser humano, como comunicadora, quero transformar esse episódio em aprendizado e num compromisso de vigília antirracista constante. É isso que posso e devo fazer”, continuou Talitha, agradecendo pela ajuda e tato de Manoel Soares: “É muito importante quando estamos num grupo diverso que comprova como o mundo pode ser melhor quando inclui a todos. Muito obrigada”.

 

Veja também: Mega-Sena pode pagar R$ 60 milhões neste sábado

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.