Taiwan registra primeiro caso de covid após 253 dias

1

Taiwan passou 253 dias sem nenhum caso de covid-19 até o governo anunciar, na última terça-feira (22), a primeira transmissão comunitária do novo coronavírus desde abril. As autoridades vão aplicar multa equivalente a 55 mil reais ao piloto de avião suspeito de levar o vírus à ilha asiática.

Pandemia em Taiwan
Somente nas últimas 24 horas, foram registrados quatro contágios em Taiwan

O governo informou que uma mulher na casa dos 30 anos foi diagnosticada com o vírus. Ela seria amiga de um piloto de 60 anos que voou entre os Estados Unidos e Taiwan. Segundo o governo, ele se mudou para a capital Taipei enquanto estava infectado, sem apresentar os sintomas da doença. 

Para o governo de Taiwan, o piloto deve receber a multa porque violou a lei de controle de doenças transmissíveis ao não fornecer informações detalhadas e precisas sobre suas viagens. Conforme a imprensa local, a companhia aérea considera demitir o piloto “porque ele voou com dois copilotos enquanto tossia e não usava máscara”.

O presidente de Taiwan, Tsai Ing-wen, disse que o caso era um lembrete a todos para ficarem vigilantes. “Isso mostra que a pandemia está longe de terminar e que a cooperação internacional é fundamental, porque estamos todos juntos nisso”, afirmou.

Contudo, a notícia abriu um debate na pequena ilha de tamanho um pouco maior que o estado brasileiro de Alagoas. Nas redes sociais, as pessoas relacionam as infecções a estrangeiros que chegam a Taiwan, onde a grande maioria das chegadas deve passar por uma quarentena rigorosa. No entanto, as tripulações aéreas têm exceções.

Pandemia em Taiwan

Em comparação com o resto do mundo, Taiwan não foi dramaticamente afetado pelo Sars-CoV-2, e a vida é relativamente normal por lá. Desde o início da crise sanitária, a ilha asiática com 23 milhões de habitantes registrou 770 casos de covid-19 e apenas sete mortes. Somente nas últimas 24 horas, foram quatro contágios.

No mundo, a pandemia já infectou mais de 72 milhões de pessoas e matou 1,72 milhão, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (23). Neste mês, a covid-19 chegou a todos os continentes do planeta, inclusive na Antártica.

De acordo com a imprensa local, após o anúncio do primeiro contágio desde abril, a maioria da população voltou a adotar medidas preventivas, esquecidas no fim do primeiro semestre. Por exemplo, mais pessoas passaram a usar máscaras em locais públicos de Taiwan, e o álcool em gel voltou às portas dos estabelecimentos.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.