Startup: o que é, exemplo e o que fazem.

2

Startup é sinônimo de uma empresa que possui gastos muito menores quando comparado aos lucros obtidos. Apesar do curso de manutenção ser menor, os crescimentos são elevados e os serviços são os mais variados: marketing, gestão e até mesmo varejo. Como exemplo, é possível citar a Amazon que começou a vender livros em uma garagem. Atualmente, é uma das maiores empresas em escala internacional.

Esse modelo de negócio Startup possibilita uma série de vantagens, sendo a primeira dela o lucro. Em compensação, o risco de perder o investimento também deve ser pensado. Outro aspecto positivo é a flexibilidade nos horários de trabalho, podendo até mesmo incluir a possibilidade de Home Office. Redatores, analistas de SEO, assistentes de marketing e desenvolvedores de software podem se unir para criar uma marca: cada um trabalha dentro de sua própria casa, tendo responsabilidades que devem ser cumpridas até o fim do dia. Isso é cada vez mais normal e barato.

Por exemplo, um serviço de texto copywriting pode custar de R$50 a R$1000. Os gastos para produzir são mínimos, internet e conta de luz. Isso também vale para a construção de sites ou outros serviços disponíveis no meio online. Infelizmente, esse tipo de atividade, por mais que possa ser lucrativa, pode ser um risco. Segundo a Visão Confiável, desenvolver esse tipo de projeto pode não trazer êxito para os planos. E é então que os problemas aparecem, juntamente com as dívidas. Portanto, possuir análise estratégica é mais que essencial.

Tipos de Startup

Em suma, existem vários tipos divergentes de Startups. Uma bastante abordada em plataformas como Workana ou 99Freelas é o estilo B2B que são empresas que prestam serviços para outras empresas. Como exemplo são as agências de marketing como a Visão Confiável que criam projetos de funil de vendas para empreendedores no ramo industrial de vidraceiros. A B2C realiza o serviço diretamente para o cliente ou consumidor final.

O Uber é um exemplo consolidado de B2C. Por fim, ainda é possível encontrar a B2B2C que são duas Startups que se unem para realizarem serviços em conjunto. Como exemplo são os sites freelancers onde as plataformas são intermediadoras enquanto outras Startups oferecem serviços aos clientes. Em sites como Getninjas é possível encontrar agências que fazem serviços tanto virtualmente quanto fisicamente.

Enfim, apesar de ser um empreendimento vantajoso, ainda apresenta riscos. Portanto, é necessário muito cuidado antes de investir e começar o projeto. Pesquise sobre o mercado e público alvo para que não cometa passos em falso!

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.