Sport atropela o Juventude e conquista a segunda vitória seguida no Brasileirão

Time da casa ainda está na zona de rebaixamento, mas já ganha um novo ânimo no campeonato

0

O Sport venceu o Juventude por 3 a 1 na noite desta quarta-feira (6), na Arena Pernambuco, em Recife, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com esse resultado, o time da casa, comandado pelo técnico paraguaio Gustavo Florentín, conquista o segundo triunfo consecutivo, vai a 23 pontos e deixa a penúltima colocação.

Por sua vez, o time gaúcho, sob comando do técnico Marquinhos Santos, fica com 27 pontos, em 15º lugar, perto da zona de degola.

Agora, na próxima rodada, o Leão da Ilha volta a jogar em casa no sábado (9), quando recebe o Corinthians, a partir das 16h30, no mesmo estádio.

Enquanto isso, o time alviverde também joga no sábado (9), quando recebe o América Mineiro, a partir das 21h, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul.

O jogo

O começo do jogo foi truncado, com os dois times cautelosos e sem criar chances de gols nos primeiros minutos. A maior preocupação era com a marcação.

Desta maneira, a partida estava sonolenta e sem emoção durante essas movimentações iniciais.

Depois, a primeira boa chance veio aos 17min, quando Mikael desviou de cabeça uma cobrança de falta de Capixaba e a bola passou perto do gol.

Já o time da casa continuava com dificuldades para se impor e, até então, praticamente não tinha criado nada.

Outra boa chegada do Juventude veio aos 25min, com Guilherme Castilho, que mandou por cima do gol, sem muito perigo.

Logo, o time da casa respondeu, na primeira chegada perigosa, aos 26min, em chute rasteiro que passou bem perto do gol.

Desta forma, o Sport cresceu no jogo e abriu o placar aos 35min, com José Welison, que recebeu livre na área e desviou para o gol: 1 a 0.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Juventude até chegou com perigo logo aos 2min, mas não conseguiu aproveitar a oportunidade.

Então, em seguida, aos 3min, Mikael aproveitou a chance para o Sport, mandou de pé esquerda e ampliou a vantagem: 2 a 0.

Em seguida, aos 12min, o time gaúcho tentou reagir a acertou o travessão em chute de Paulinho Boia.

No entanto, o Sport estava melhor e criava também mais chances para tentar ampliar o placar.

Desta forma, aos 23min, Chico, que havia acabado de entrar, marcou o terceiro gol dos donos da casa: 3 a 0.

Depois, aos 34min, o Juventude conseguiu um pênalti, onde Paulinho Boia foi para a cobrança e descontou: 3 a 1.

Leia também: Brasil de Pelotas vence o Operário e acaba com jejum de 12 jogos na Série B

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.