SP endurece quarentena durante o final do ano; confira como fica

Apenas serviços essenciais como transporte, saúde, padarias, mercados e farmácias poderão funcionar nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e 1, 2 e 3 de janeiro

3

São Paulo passará por um processo de quarentena “à moda antiga” neste final de ano. Isso porque o governo determinou, nesta terça-feira (22), que o estado estará na fase vermelha durante o período do natal e do ano novo.

Leia também: Mutação da Covid-19 pode ser mais capaz de infectar crianças

A decisão determinou restrições de funcionamento em todo estado. Desta forma, apenas serviços essenciais como transporte, saúde, padarias, mercados e farmácias poderão funcionar nos dias 25, 26 e 27 de dezembro e 1, 2 e 3 de janeiro.

covid-19
A decisão do governo determinou restrições de funcionamento em todo estado. (Foto: reprodução)

Durante o pronunciamento, a secretária de desenvolvimento econômico do estado, Patrícia Ellen, ressaltou que o momento não é de festa e nem de aglomerações.

“São nesses momentos que esse risco de descontrole da pandemia acontece e o mundo inteiro agora está aplicando medidas específicas”, disse. “São Paulo sempre se diferenciou do resto do Brasil por honrar o seu compromisso de tomar as decisões no momento necessário e é isso que estamos fazendo agora”, complementou Patrícia Ellen.

Durante a coletiva de imprensa que revelou a nova quarentena, o secretário-executivo do comitê de saúde, João Gabbardo, salientou que essas medidas são duras e que ninguém queria tomá-las. “A gente sabe o sacrifício que todos estão fazendo, a gente sabe o sacrifício que setores da economia têm enfrentado nesse período, mas nós temos que fazer uma opção, a opção pela segurança, a opção por não corrermos riscos”, afirmou.

Covid-19 no estado de São Paulo

A decisão de implementar uma nova quarentena no estado acontece porque, segundo dados do governo estadual, São Paulo registrou aumento de 34% no número de mortes causadas pela Covid-19 nas últimas semanas. Já o número de casos aumentou 54% e as internações por Covid-19 subiram 13% em todo o estado.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram para acompanhar todas as notícias!

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.