Somente uma cepa da variante Delta do coronavírus é “preocupante”, diz OMS

As duas outras cepas detectadas na Índia foram rebaixadas

0

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), somente uma cepa da variante Delta do coronavírus, detectada pela primeira vez na Índia, é “preocupante”. As outras duas cepas detectadas no país asiático foram rebaixadas.

A variante Delta, ou B.1.617, é apontada como parcialmente responsável pelo recente surto de coronavírus na Índia e possui 3 linhagens diferentes. Para tirar o estigma de países que detectam variantes do coronavírus pela primeira vez, a OMS decidiu rebatizar as cepas com nomes do alfabeto grego.

“Nenhum país deveria ser estigmatizado por detectar e reportar variantes”, afirmou a epidemiologista da OMS Maria Van Kerkhove.

Quando a variante Delta surgiu na Índia, a OMS disse que as três cepas dessa mesma variante eram consideradas “preocupantes”. No entanto, nesta terça-feira (01), a entidade disse que apenas uma delas pode ser classificada dessa forma. Trata-se da B.1.617.2.

“Tornou-se aparente que mais riscos para a saúde pública estão atualmente associados com a B.1.617.2, enquanto taxas de transmissão mais baixas foram observadas com as outras linhagens”, relatou a OMS em sua atualização epidemiológica semanal sobre a pandemia.

“Continuamos a ver um aumento acentuado da transmissibilidade e um número crescente de países com surtos ligados a esta variante”, afirma a OMS, que considera “prioritária” a realização de “novos estudos” sobre o seu impacto.

OMS rebaixa duas cepas da variante Delta

Enquanto a linhagem B.1.617.2, ou Delta, é apontada como preocupante, a B.1.617.1 foi rebaixada para a categoria de “variante de interesse” e recebeu o nome de Kappa. A OMS não considera mais a cepa B.1.617.3 do coronavírus como interessante e não a batizou com uma letra grega.

Uma possível nova mutação da variante Delta foi encontrada pelas autoridades de saúde do Vietnã no último sábado (29), segundo relatou a Dra. Maria Van Kerkhove.

“Sabemos que a B.1.617.2 aumentou a transmissibilidade, o que significa que pode se espalhar mais facilmente entre as pessoas”, frisou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.