Sintomas de Candidíase: O que você precisa saber?

0

Conheça os sintomas de candidíase e as principais informações a respeito. A candidíase cutaneo-mucosa é uma micose, causada por uma levedura chamada candida, que faz parte da flora normal (saprofítica ou comensal) do trato digestivo e da mucosa vaginal.

A candidíase é decorrente da transformação dessa levedura saprofítica em uma forma filamentosa patogênica que pode aderir às membranas mucosas e invadi-las.

sintomas de candidíase

Sintomas de candidíase

A candidíase cutânea manifesta-se sobretudo por intertrigos (vermelhidão) das grandes pregas (pregas inguinais, abdominais, inframamárias, axilares e interglúteas) e pequenas pregas (comissura labial, ânus, espaços interdigitais, raramente espaços entre os dedos).

Os sintomas são idênticos: o aparecimento de vermelhidão na parte inferior da dobra da pele e, em seguida, extensão em ambos os lados das superfícies adjacentes da pele.

A pele é vermelha, envernizada e com aspecto escorregadio, fissurada na parte inferior da prega que às vezes é recoberta por uma capa esbranquiçada, os contornos são irregulares, limitados por uma borda em “colar descamativo”, e a presença de pequenas pústulas em periferia são muito evocativas.

Às vezes, o envolvimento da pele é seco e escamoso.

Na maioria das vezes, o ataque começa com uma perionixia (vermelhidão e inchaço da pele ao redor da unha), às vezes com secreção de pus sob pressão.

A unha é afetada em segundo lugar, e muitas vezes assume uma tonalidade amarelo-esverdeada, marrom ou preta, especialmente nas áreas laterais.

O ataque geralmente resulta de contato repetido com água, trauma mecânico ou químico, aplicação de corticosteroides tópicos, repressão das cutículas

Mucosas

A manifestação mais comum são aftas ou candidíase oral. Pequenas áreas brancas aparecem como “leite coalhado” mais ou menos aderente na face interna das bochechas, gengivas, palato, pilares das amígdalas. Frequente em crianças, pode ser observada em adultos, principalmente nos casos de imunossupressão.

Candidíase vaginal

Causa vermelhidão, coceira e secreção branca denominada “coalhada”.

Estima-se que 75% das mulheres tiveram ou terão um ou mais episódios de candidíase vaginal.

Entre elas, 10% sofrem de uma forma recorrente definida por mais de quatro episódios por ano. Não é uma doença sexualmente transmissível, mas uma infecção oportunista que pode ser favorecida pela relação sexual devido a traumas nas membranas mucosas ou excepcionalmente em razão da balanite profusa do parceiro.

As fases do ciclo (papel preponderante do nível natural de progesterona) e a gravidez também podem ser fatores de risco.

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.