Sikêra Jr. processa apresentador Neto após ser chamado de homofóbico

O âncora do 'Alerta Nacional', da RedeTV!, é alvo de dois processos após se referir à comunidade LGBTQIA+ como "raça desgraçada"

0

Sikêra Jr. entrou com um processo contra o apresentador esportivo Neto, da Band, após ser chamado de “homofóbico”. De acordo com o site PopTV, no último sábado (17), a ação tramita pela 6ª Vara do Juizado Especial Cível de Manaus desde o dia 13 de julho.

Rafa Brites e Felipe Andreoli anunciam gravidez e comemoram: “Ansiosos”

O âncora do ‘Alerta Nacional’, da RedeTV!, pede R$44 mil de indenização, além de exigir que Neto apague todos os vídeos em que ele foi chamado de “homofóbico”. Sikêra Jr. também requisita um pedido formal de retratação nas redes sociais e na programação da Band, por dois dias seguidos.

Neto se revoltou com as afirmações de Sikêra, durante o programa ‘Os Donos da Bola’, da Band, em junho deste ano. Na ocasião, o ex-atleta ficou perplexo com o pedido de desculpas do jornalista, após perder inúmeros patrocinadores e o acusou: “Aí, depois, quando a corda vem no seu pescoço, pede desculpa. Desculpa nada. O seu pensamento é esse. Você é homofóbico”.

Neste domingo (18), Neto se pronunciou sobre o processo nas redes sociais. De férias com a família, ele aparece segurando uma bola com as cores do arco-íris e garante: “Eu não ia comentar nada sobre o processo, pois eu estou tão feliz com minha família (aqui de férias). Nós não somos homofóbicos, a gente é família. Que por sinal essa bola representa tudo, para que não sejamos homofóbicos”.

Entenda a atual situação de Sikêra Jr.

Os comentários do comunicador ocorreram após o comercial do Burguer King, no qual exibia crianças de casais homoafetivos. Sikêra, assim como muitos conservadores, ficou bastante nervoso com o anúncio e durante o ‘Alerta Nacional’, da RedeTV! do dia 25 de junho, se referiu à comunidade LGBTQIA+ como “raça desgraçada”.

Sikêra se retratou durante o programa no dia 29 de junho, pedindo desculpas por xingar, mas afirmando que mantém sua opinião sobre o comercial. Apesar dessa tentativa, o apresentador é alvo de dois processos após discurso de ódio no ar: do Ministério Público Federal de R$10 milhões e da Aliança Nacional LGBTI+ por R$5 milhões. 

O ‘Alerta Nacional’ e a RedeTV! também perderam inúmeros patrocinadores como Casas Bahia, MRV, Tim Sorridents, Magazine Luiza, HapVida, BetSul, Seara, BMW Group, Delinea Corpus e Blindex. Ultrafarma, maior patrocinadora de Sikêra, teve que deletar seus perfis no Instagram.

Sikêra perdeu, por alguns dias, o perfil no Instagram e boatos apontam que ele não sai da RedeTV! por conta de uma multa contratual de R$38 milhões. 

 

 

Veja também: Britney Spears publica texto pai e irmã: “Suposta rede de apoio”

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.