Sex and The City pode ganhar reboot sem Kim Catrall

A atriz revelou uma rixa com Sarah Jessica Parker há dois anos

1

Sex and The City, série amada dos anos 90 e que gerou dois filmes, pode ganhar um reboot na HBO Max de acordo com o Page Six.

Lançamentos de outubro 2020 do Amazon Prime Video

Em matéria publicada nesta quarta-feira, dia 23, revela-se que o burburinho nos bastidores é que a série vai ganhar uma edição limitada.

O reboot vai contar com a volta de todas as estrelas originais, Sarah Jessica Parker, Cynthia Nixon e Kristin Davis, menos Kim Catrall.

Vale lembrar que no começo deste ano, Sarah disse ao site ET que gostaria muito de revistar sua personagem e incluir na série elementos modernos:

Eu gostaria de ver onde todas estão. Estou curiosa, o mundo mudou desde o lançamento do filme…tecnologia e mídia social.

Ainda não há data de lançamento ou mais informações sobre o reboot de Sex and The City.

Relembre briga de Kim e Sarah

Depois do lançamento do filme Sex and The City 2, em 2010, Kim decidiu que não interpretaria mais Samantha Jones.

A atriz disse que não gostava do rumo que sua personagem tomava e não queria interpretá-la já além de seus 60 anos.

Logo notícias na mídia apontavam que ela era a pessoa responsável por impedir que a série ganhasse mais um filme.

Diante dessas acusações, a atriz se pronunciou para o Daily Mail e disse que sempre se recusou ao fazer o terceiro filme e que não era uma “diva”:

Faz mais de um ano que eu disse ‘não’ para Sex and the City 3. Não fiz exigência nenhuma, apenas não queria fazer outro filme. E é aí que entram as pessoas envolvidas na produção, especialmente Sarah Jessica Parker. Eu acho que ela poderia ter sido mais legal. Um ano depois, disse que fiz exigências malucas e por isso o filme não ia acontecer?

Depois disso, o clima entre as duas parecia ter amenizado, isso é, até que Sarah prestou suas condolências à Catrall pela morte do irmão em 2018.

Na lata, Kim foi clara que não queria mais nada a ver com a ex-colega e postou em seu Instagram:

Eu não preciso do seu amor ou apoio nesse momento trágico. Minha mãe me perguntou quando que Sarah Jessica Parker, esse hipócrita, me deixará em paz?  Seu contato é um doloroso lembrete de quão cruel você realmente era antes e agora também. Me deixe ser bem clara, você não é minha família e nem minha amiga, então estou escrevendo para te dizer pela última vez: deixe de explorar a nossa tragédia para restaurar a sua persona de pessoa legal.

 

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.