Sequestradores liberam 42 pessoas na Nigéria

Há dias, homens armados atacaram o colégio público e mataram um estudante. Depois, eles sequestraram 27 alunos, três professores e 12 parentes de funcionários do colégio

1

Informações divulgadas pela agência “France Press” revelam que 42 pessoas, incluindo 27 crianças e adolescentes, foram liberadas na Nigéria, neste sábado (27), 10 dias depois de serem sequestradas em uma escola na cidade de Kagara.

Leia também: Mais de 400 presos fogem de prisão no Haiti e 25 pessoas morrem durante a ação

No último dia 18 de fevereiro, homens armados atacaram o colégio público e mataram um estudante. Depois, eles sequestraram 27 alunos, três professores e 12 parentes de funcionários do colégio.

Segundo Abubakar Sani Bello, governador do estado de Níger, uma região muito afetada pela ação de grupos criminosos, “os estudantes, professores e seus parentes recuperaram a liberdade e foram recebidos pelo governo local”.

De acordo com as informações, os criminosos espalham o terror na região, com sequestros em larga escala para exigir o pagamento de resgate, saques a vilarejos e o roubo de gado há vários anos.

Todavia, nos últimos meses, esses criminosos intensificaram os sequestros em escolas. Na última sexta-feira (26), assim como publicou o Brasil123, 317 alunas de uma escola do ensino médio do estado de Zamfara foram sequestradas em seus dormitórios.

Também na sexta, pais de estudantes sequestradas atacaram um comboio oficial que desejava entrar na escola – um jornalista ficou gravemente ferido na cabeça durante a ocorrência. Por fim, a agência revelou que, na manhã deste sábado, a situação na região era mais calma.

Governo diz que não vai ceder às chantagens

Para liberar as vítimas, os sequestradores exigem grandes quantias de dinheiro. Nesse sentido, as autoridades da Nigéria afirmam que não vão dispender nenhuma quantia para pagar estes criminosos.

Na sexta (26), o presidente da Nigéria, Muhammadu Buhari, afirmou que não cederá às chantagens dos bandidos no caso das 317 jovens sequestradas em Zamfara. O chefe do Executivo local tem sido muito criticado pela situação catastrófica que a região em questão do país tem vivido.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram para acompanhar todas as notícias!

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Sequestradores liberam 42 pessoas na Nigéria […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.