Seleção Brasileira de Futsal encara o Panamá na última rodada da primeira fase do Mundial

Time do técnico Marquinhos Xavier vem de goleada por 4 a 0 sobre a República Tcheca

0

A Seleção Brasileira masculina de futsal entra em quadra neste domingo (19), pela última rodada do grupo D da Copa do Mundo da Lituânia e encara o Panamá, a partir das 10h, na cidade de Klaipèda.

Agora, a equipe brasileira, comandada pelo técnico Marquinhos Xavier, tem de tudo para manter os 100% de aproveitamento na primeira fase.

Afinal de contas, vai encarar uma seleção bem mais fraca e, após os 9 a 1 sobre o Vietnã e os 4 a 0 sobre a República Tcheca, mais uma goleada é esperada.

Atualmente, o time canarinho já está classificado para as oitavas de final e tenta fazer agora a melhor campanha possível para sempre encarar, ao menos teoricamente, adversários mais fracos na próxima fase.

Pentacampeão mundial, o Brasil tenta recuperar a hegemonia perdida em 2016, quando sequer ficou entre os quatro melhores do mundo.

Logo, mesmo sem o astro Falcão, aposentado das quadra, a equipe de Xavier é apontada como uma das favoritas ao título este ano.

Além disso, o adversário de logo mais deve ser presa fácil, pois perdeu até mesmo para o Vietnã, por 3 a 2, na rodada passada.

Personagem

No jogo passado, contra a República Tcheca, um personagem da Seleção Brasileira fez história: Rodrigo.

Afinal de contas, ele marcou o 100º gol com a camisa da equipe canarinho e, inclusive, se emocionou após a partida.

“Marcar o nome na Seleção Brasileira é fora do comum. A gente sonha em chegar aqui, mas não sonha com isso, sou um zagueiro teoricamente, fazer tantos gols assim, e hoje a voz até embarga um pouco, porque o futsal é uma luta intensa”, disse o atleta da Seleção Brasileira.

Agora, vai tentar marcar mais alguns contra os panamenhos logo mais, em duelo que deverá garantir a liderança isolada da chave para os brasileiros ao término da primeira fase.

Leia também: Líder Atlético-MG tenta manter o embalo contra o ameaçado Sport. Veja onde assistir

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.