Secretário de Saúde do Rio de Janeiro vai passar a ter escolta com fuzil

Liberação aconteceu pela própria Secretária Estadual da Polícia Militar. Secretário afirma que é apenas uma questão de segurança

1

O Secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Alberto Chaves, vai passar a andar com uma escolta com direito a um fuzil no estado. De acordo com a Secretaria de Saúde, isso acontece por uma questão de segurança do secretário.

Na última semana, o jornal carioca O Globo, revelou que o secretário fez o pedido de escolta para a secretaria de segurança. Isso aconteceu depois do assassinato de José Dídimo no último dia 4 de outubro.

José Dídimo era diretor do Hospital Estadual Alberto Torres, o Heat. Inicialmente a polícia tratou esse caso como um latrocínio. Ou seja, um roubo seguido de morte. Mas agora a principal linha de investigação crê em um crime por disputa políticas na área da saúde.

Oficialmente, a Secretaria de Saúde nega a informação de que a escolta tenha relação com esse assassinato. Mas o fato é que Alberto tem fama de ser linha dura nos hospitais onde passou pela direção. Muitos, aliás, o conhecem como “xerife”.

Em 2007, por exemplo, ele denunciou ameaças de morte no momento em que era diretor do Hospital Estadual Getúlio Vargas. Esse hospital também fica no Rio de Janeiro. Seja como for, oficialmente ele segue afirmando que uma coisa não tem nada a ver com a outra.

Fuzil na segurança

De acordo com as informações oficiais, a Secretaria Estadual da Polícia Militar liberou o uso do fuzil na escolta do secretário. Além do fuzil, a escolta vai andar com quatro carregadores e 100 munições. Ou seja, não estamos falando aqui de um aparato pequeno.

Os policiais que estarão na escolta são os mesmos que já atuam normalmente na segurança da Secretaria de Saúde do Governo do Estado. Oficialmente, o Governo do Estado do Rio de Janeiro ainda não se pronunciou sobre o assunto.

1 comentário
  1. […] Leia também: Secretário de Saúde do Rio de Janeiro vai passar a ter escolta com fuzil […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.