São Paulo empata com o Racing e mantém liderança na Libertadores

Tricolor segura o 0 a 0 e completa dez jogos sem perder na temporada

3

O São Paulo segurou um empate por 0 a 0 o Racing no estádio El Ciclón, em Avellaneda, pela terceira rodada do grupo E da Copa Libertadores da América.

Com o resultado, o time brasileiro, comandado pelo técnico argentino Hernán Crespo, segue na liderança da chave, agora com 7 pontos, dois a mais do que o time argentino.

Além disso, o Tricolor do Morumbi completa dez jogos de invencibilidade na temporada. Depois da paralisação do futebol em São Paulo, a equipe não soube mais o que é perder.

Agora, pela Libertadores, o Tricolor só volta a jogar na outra quarta-feira (12), quando visita o Rentistas, no Complejo Rentistas, em Montevidéu, no Uruguai, a partir das 19h.

Já o Racing visita o Sporting Cristal um dia antes, a partir das 21h30, no estádio Nacional de Lima.

Antes, o Tricolor visita o Mirassol no domingo (9), pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista, onde já está classificado e com a liderança assegurada.

O jogo

O São Paulo teve a primeira grande chance do jogo. Aos 7min, Luciano recebeu e chutou forte, mas o goleiro Arias fez uma defesa espetacular.

Aos 15min, foi a vez do Racing ter a oportunidade de abrir o placar, em bola que ficou rondando a área, resvalou no travessão e voltou para Sigali, que recebeu na pequena área, chutou no travessão e a bola caiu rigorosamente em cima da linha.

Naquele momento, o time da casa melhorou e começou a criar chances de gol, empurrando o São Paulo no campo de defesa.

O Tricolor voltou a chegar com perigo aos 28min, quando veio um cruzamento da esquerda que Pablo não conseguiu alcançar, com a bola indo nas mãos de Arias.

Outra chance do São Paulo veio aos 40min, em bela cobrança de falta de Daniel Alves, que resvalou no travessão, com muito perigo.

No segundo tempo, a partida ficou mais equilibrada e com menos oportunidades de gol. Aos 15min, o São Paulo perdeu o lateral-direito Daniel Alves, que sentiu uma lesão muscular.

A partida estava arrastada e, aos 27min, Mena chegou a marcar um gol para o Racing, mas o auxiliar marcou impedimento de forma acertada.

Aos 34min, William, que havia acabado de entrar, ergueu o pé, fez falta um pouco mais dura e o árbitro entendeu que o atleta deveria ser expulso direto.

Mas, no final, conseguiu segurar o resultado.

Leia também: Sporting vence mais uma e fica a um jogo do título no Campeonato Português

Veja Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.