Santos estreia na Sul-Americana contra o Independiente. Veja onde assistir

Peixe encontra pela frente o tradicional time argentino nas oitavas de final

0

O Santos recebe o Independiente de Avellaneda nesta quinta-feira (15), a partir das 19h15, na Vila Belmiro, em Santos, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Para este confronto, a transmissão ao vivo será pelo canal de streaming da TV Conmebol.

Agora, o Peixe, comandado pelo técnico Fernando Diniz, terá pela frente um tradicional adversário.

Aliás, juntando os dois times, são dez títulos de Copa Libertadores da América, sendo 7 para os argentinos e outros 3 para os brasileiros.

Entretanto, a realidade de ambos hoje em dia é bem diferente e os dois clubes estão longe dos grandes títulos.

Assim, no caso do Peixe, a disputa da Sul-Americana acaba sendo um ‘prêmio de consolação’.

Afinal de contas, a equipe foi eliminada precocemente na fase de grupos da Libertadores de 2021.

Desta forma, pelo regulamento, entra direto na fase eliminatória da Sul-Americana.

Asim, o torneio que chama a atenção pela premiação em dinheiro.

Agora, depois de perder por 3 a 2 para o Palmeiras no último sábado (10), no Allianz Parque, pelo Campeonato Brasileiro, vai tentar a reação.

Provavelmente, o treinador deverá poupar alguns titulares visando o torneio nacional, que é a prioridade no momento.

E o vice-campeão da Libertadores de 2020, com um time bem diferente daquele, vai tentar passar pelo tradicional time argentino para avançar.

Eliminado na primeira fase do Paulistão e longe dos líderes do Brasileirão, a Copa Sul-Americana e a Copa do Brasil são os dois torneios com possibilidades de títulos para o Santos na temporada atual.

Os times

Para o jogo de logo mais, Fernando Diniz poderá escalar o Santos com John (João Paulo), Pará, Luiz Felipe, Kaiky (Alison) e Moraes (Felipe Jonatan); Camacho, Jean Mota e Gabriel Pirani; Marinho, Marcos Guilherme e Kaio Jorge (Lucas Braga).

Já os argentinos, do técnico Julio Falcioni, deve jogar com Sosa, Bustos, Ostachuk (Laso), Insaurralde e Rodríguez; Blanco, Lucas Romero e Palacios; Velasco, Silvio Romero e Roa.

Leia também: Morre Alberto Dualib, ex-presidente do Corinthians, aos 101 anos

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.