Safra de grãos em 2021 deve superar em 2,5% valor projetado para 2020

A última projeção divulgada pelo IBGE para 2020 aponta 254,1 milhões de toneladas

1

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira, dia 13, a terceira estimativa para a safra de grãos de 2021. De acordo com o levantamento, a produção nacional de grãos, cereais, leguminosas e oleaginosas deve atingir 260,5 milhões de toneladas neste ano. Isso representa um aumento de 2,5% na comparação com o valor projetado para 2020, que, segundo a última estimativa, alcançará R$ 254,1milhões de toneladas. Ou seja, um aumento de 6,4 milhões de toneladas. 

A previsão do IBGE para a safra nacional de grãos em 2020 subiu 5,2% em dezembro, na comparação com o ano anterior. Em suma, a safra alcançou a marca de 241,5 milhões de toneladas em 2019. Ou seja, um aumento de 12,6 milhões de toneladas. Além disso, a área a ser colhida é projetada em 65,4 milhões de hectares. Nesse caso, há um crescimento de 3,5%, o que corresponde a 2,2 milhões de hectares a mais em 2020 na comparação com o ano anterior. A estimativa da safra mostra que há três principais itens que, quando somados, correspondem a 92,7% do total: arroz, milho e soja. Aliás, os produtos também respondem por 87,1% da área colhida. 

 

Veja o que deve puxar a safra de grãos em 2021 

O levantamento do IBGE mostra que o aumento de 6,8% na produção da soja deve puxar a produção nacional de grãos para cima. Dessa forma, o produto deve alcançar 129,7 milhões de toneladas. Nesse caso, a área a ser plantada deve crescer 2,7%, chegando a 38,1 milhões de hectares. Já o rendimento médio deve subir 4,0%. Aliás, em função dos preços mais altos da soja em relação ao milho, os produtores devem ampliar suas áreas de cultivo, chegando a 57,0% da área total de cereais, leguminosas e oleaginosas.

Por outro lado, o IBGE projeta declínios da produção do milho na 2ª safra (-2,4%), do arroz (-1,8%), do algodão herbáceo (-13,6%) e do feijão na 1ª, 2ª e 3ª safras (-0,3%, -7,0% e -5,4%, respectivamente). 

 

Por fim, vale ressaltar que a projeção do IBGE é passível de alterações durante todo o ano de 2021. 

 

LEIA MAIS

Bolsas europeias fecham o dia em alta com fechamento de acordos

Confiança do empresário industrial recua em janeiro, aponta CNI

Leia Também:

1 comentário
  1. […] Safra de grãos em 2021 deve superar em 2,5% valor projetado para 2020 […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.