Rússia reporta casos de gripe aviária em humanos para a OMS

De acordo com a Agência de Vigilância Sanitária do país, sete homens contraíram o vírus da gripe aviária em uma granja do país

0

A Rússia anunciou neste sábado (20) que sete pessoas do país contraíram a gripe aviária. Até então não se sabia que isso podia acontecer. Mas trata-se portanto de uma variação. De acordo com o Governo do país, todos esses homens contraíram o vírus através dos animais.

Tanto é que o surto aconteceu em uma granja. Então se entende que todos eles pegaram o vírus com as galinhas. Com as informações que se tem até aqui, não há indícios que esse vírus seja contagioso entre seres humanos.

Mas todo cuidado é pouco. A Agência de Vigilância Sanitária da Rússia declarou que a situação está sob controle. Seja como for, eles decidiram optar pela cautela neste momento. Tanto é que eles decidiram reportar esses casos para a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A OMS, por sua vez, ainda não comentou esse caso. Então boa parte da comunidade científica internacional ainda está esperando pelos detalhes deste caso. O que se sabe até aqui é que estamos falando de uma nova cepa.

Ainda de acordo com a Agência russa, essa cepa é o vírus H5N8. É portanto uma variação do vírus influenza. Nenhum dos sete trabalhadores que contraíram esse vírus na granja da Rússia sofreu danos mais graves. Mas como dito, a palavra da vez é cautela diante da situação.

Gripe aviária

A cautela é mais uma medida de precaução do que de qualquer outra coisa. Mas o fato é que com as informações que se tem até aqui, não há motivos para preocupação. É que variações de vírus acontecem e são absolutamente normais.

Além disso, o fato de um vírus sofrer uma mutação não significa dizer que ele vai se tornar mais forte. Pelo menos não necessariamente. Portanto neste momento, o melhor mesmo é se preocupar com a situação do novo coronavírus que ainda assola o mundo com milhares de mortes por dia.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.