Romantismo: contexto histórico, obras e autores

3

O Romantismo foi um movimento estético e cultural ocorrido nos séculos XVIII e XIX. As obras românticas baseavam-se principalmente em valores burgueses. Suas principais características são: Sentimentos exacerbados, egocentrismo, nacionalismo, tons depressivos e valorização da beleza feminina juntamente com sua idealização.

Então, se você é um seguidor deste período literário, continue com o Brasil 123 e leia sobre nossas principais recomendações de livros do romantismo.

Os sofrimentos do Jovem Werther – Goethe

Romantismo: Indicações de leitura

Por motivos de trabalho, o jovem Werther se mantém longe de sua família e após certo tempo, conheceu sua amada. Contudo, ela era comprometida com Albert, homem cujo o protagonista adquiriu enorme admiração e amizade desde a sua apresentação.

Com o convívio diário, a paixão de Werther aumenta cada vez mais: os passeios diários e o convívio aproximado contribuem para isso. Entretanto, nada do que jovem faça, muda a ideia de sua amada: ela continua comprometida.

Com o casamento de Albert e Lotte, o protagonista cada vez mais pensa na impossibilidade de seguir sua vida, de simplesmente poder viver.

Na última noite, houve o mais sublime beijo na história literária do romantismo. Lotte sabia que aquele amor nunca poderia acontecer e pediu para que Werther nunca mais a visse. Na mesma noite, o jovem pediu para seu criado uma pistola emprestada e se suicida: a dor da morte não supera a dor por perder seu amor.

“Deixei-a pedindo licença para tornar a vê-la neste mesmo dia; ela consentiu e eu fui. Desde esse momento, sol, lua, estrelas podem seguir tranquilas a sua órbita, que para mim já não há mais dia e noite, o mundo inteiro dissipou-se à minha volta.”

“À noite, decido que vou gozar do nascer do sol no dia seguinte, mas não consigo levantar da cama. De dia, espero ficar alegre com o luar, mas à noite fico trancado em meu quarto. Já não sei mais por que levanto, já não sei mais por que vou dormir.”

Frankenstein e o Romantismo – Mary Shelley

Romantismo: Indicações de leitura

Victor Frankenstein era um apaixonado por ciências naturais, então, após muitos anos de estudo, decidiu que criaria algo memorável para a humanidade. Baseado nisso, durante meses recolheu órgãos pelos cemitérios, desta forma, conseguiria cumprir seu maior objetivo.

Então, após se afastar completamente da família, conseguiu dar vida a uma figura horrenda: um monte de órgão unidos entre si, renascem das sombras da morte. Com isso, o criador sente-se aterrorizado e completamente arrependido de sua criação, deixando-a sozinha para lidar com o mundo ao seu redor.

A criatura tenta de todas as formas fazer amizades e se encaixar nas melhores virtudes humanas, entretanto, tudo parece ser em vão. Com tamanho sofrimento em seu coração, decide que irá se vingar de seu criador, perseguindo-o pelo restante de sua vida.

Muitos consideram Frankenstein o verdadeiro monstro, contudo, seu criador não seria a pior criatura na narração? Como diz o Pequeno Príncipe, ele era responsável pelo que cativou, contudo, largou sua criação à própria sorte.

“Quão perigosa é a aquisição do conhecimento e quão mais feliz é o homem que crê que sua vila natal é o mundo, do que aquele que aspira tornar-se maior do que sua natureza permite.”

Orgulho e Preconceito – Jane Austen

 Indicações de leitura

Elizabeth Bennet, será a protagonista da trama. Ela é uma jovem bela e de personalidade extremamente forte para o seu tempo, Lizzie, como é chamada pelos amigos íntimos, carrega dentro de si diversas inquietações, como por exemplo, as convenções sociais do seu tempo.

Vale lembrar também, que na Inglaterra (onde se passa a história), o único papel da mulher era permanecer em casa e servir ao marido. Em quesito social, poderíamos dizer que as mulheres de nada valiam.

Podemos ver neste romance, os interesses e desejo social e monetário que eram movidos os casamentos e interações da época.

“Eu não teria dificuldade em perdoar o orgulho dele, se ele não tivesse ferido o meu.”

Morro dos ventos uivantes – Emily Bronte

Indicações de leitura

A história trata inicialmente sobre um homem que encontrouum menino cigano de pele escura, disse para os outros filhos para que o zelassem como um irmão. O garoto nunca foi aceito pelo filho e alguns criados, contudo, a pequena filha Catherine se apegou a ele. Com isso, os dois tornaram-se amigos inseparáveis.

Após o pai falecer, Hindley (seu filho) tornou-se o responsável pela propriedade. Então, o filho adotado Heathcliff passa a sofrer ainda mais, até que um dia foi embora e depois de anos, j retorna para buscar vingança de todo o sofrimento.

Contudo, sua Catherine acabou casando-se com outro homem e até tendo um filho com ele. Heathcliff também se casou, com a irmã desse homem. Entretanto, Heathcliff ainda lembra-se do amor pela sua ‘irmã’ e não é capaz de amar sua esposa.

Então, após a morte de Catherine, jamais conseguiu superar a perda e viveu o resto de sua existência desejando encontrá-la.

“Teu sangue sempre calmo não conhece as ardências da febre. Tuas veias estão cheias de água gelada. Mas as minhas fervem e, diante de semelhante frieza, pulam.”

Crime e Castigo – Romantismo de Fiódor Dostoiévski

O autor narra a história do crime cometido por um ex-estudante chamado Ródion Ramanovich Raskolnikov juntamente com suas consequências. O livro é classificado pelo período do romantismo e aborda os principais aspectos da mente humana quando realiza algo errôneo. A obra nos mostra sobre como o interno é tão importante quanto o externo.

Então, o escritor nos envolve em uma questão moral: o assassinato de alguém seria algo moralmente ruim se o objetivo for nobre? O personagem acredita que todas os seres superiores acabam cometendo alguns assassinatos para atingirem seus objetivos, que acabam sendo grandes avanços para toda a humanidade.

“Há muito tempo que já se enraizara e crescera nele toda a tristeza que sentia agora; nos últimos tempos ela se acumulara e se reconcentrara, assumindo a forma de uma horrível, bárbara e fantástica interrogação que torturava o seu coração e a sua alma, reclamando uma resposta urgente.”

E então, você conhece mais algumas obras e livros de recomendação do romantismo? Comente para a gente!

Venha conhecer nosso blog!

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.