RJ registra aglomerações e festas se estendem até de madrugada

Muitas das festas atravessaram a madrugada e continuavam na manhã desta terça-feira (16), mesmo com os esforços da prefeitura em tentar impedir os eventos

0

Parece que o carnaval deste ano não foi cancelado para todos. Prova disso é que, pela quinta noite seguida, o RJ registrou festas clandestinas e aglomeração de pessoas sem máscara, o que vai de encontro com as recomendações da Organização da Saúde (OMS).

Leia também: Variante brasileira da Covid-19 já circula pelo Rio de Janeiro

De acordo com as informações, muitas das festas atravessaram a madrugada e continuavam na manhã desta terça-feira (16), mesmo com os esforços da prefeitura em tentar impedir os eventos.

Uma matéria do jornal “Bom dia Rio” mostrou um restaurante-boate, às 6h30, com centenas de pessoas dançando e aglomerando no local. Tal fato acontece, mesmo esses locais sendo proibidos de funcionarem neste horário.

Imagens mostram que os andares do estabelecimento, localizado no RJ, estavam quase cheios. (Foto: reprodução/ Rede Globo)

Isso porque esses estabelecimentos foram interditados pela Prefeitura da capital fluminense e, além disso, casas noturnas só podem funcionar com clientes sentados. No entanto, imagens do helicóptero da “Rede Globo” mostraram que três andares do local estavam praticamente cheios.

De acordo com a secretaria de Ordem Pública (Seop), o Leblon é um dos bairros com o maior número de autuações por aglomeração no fim de semana no Rio de Janeiro.

Covid-19 no RJ

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio (SES) informou que registrou, até ontem segunda-feira (15), 555.541 casos confirmados e 31.512 mortes causadas pela Covid-19 no estado do Rio de Janeiro.

Ainda segundo a pasta, nas últimas 24h, foram contabilizados 706 novos casos e 25 mortes. De acordo com os dados desenvolvidos pela SES, a taxa de ocupação de Unidades de Terapia intensiva (UTI) para a covid-19 caiu de 60.7% para 53.7%. Já a taxa de ocupação nos leitos de enfermaria é de 42.5%.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram para acompanhar todas as notícias!

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.