Richarlison marca três gols, Brasil leva susto, mas vence a Alemanha na estreia olímpica

Vitória foi construída durante o primeiro tempo, em reedição da final de 2016

0

O Brasil levou susto no final, mas estreou com vitória por 4 a 2 sobre a Alemanha na manhã desta quinta-feira (22) no futebol masculino dos Jogos Olímpicos de Tóquio, pelo grupo B da competição.

Mais cedo, no mesmo local, no outro jogo da chave, a Costa do Marfim havia vencido a Arábia Saudita por 2 a 1.

Agora, a equipe brasileira, comandada pelo técnico André Jardine, volta a jogar no domingo (25), no mesmo local, quando encara a Costa do Marfim, a partir das 5h30 (horário de Brasília).

Por sua vez, a Alemanha encara a Arábia Saudita no mesmo dia e local, mas a partir das 8h30.

O Brasil chegou a fazer 3 a 0 no primeiro tempo, com três gols de Richarlison e no segundo tempo a Alemanha fez dois gols.

O jogo

A Seleção Brasileira começou pressionando e com um minuto já mandou a bola para a área, onde o goleiro Muller teve que desviar de soco para fora da área.

Em seguida, aos 4min, Matheus Cunha arrancou pela esquerda, ficou cara a cara com o goleiro, mas chutou em cima dele, que mandou para escanteio.

Assim, o gol estava amadurecendo e saiu com Richarlison aos 6min, aproveitando sobra do goleiro: 1 a 0.

A equipe brasileira era amplamente superior e quase ampliou de novo com Richarlison aos 14min, quando aproveitou a falha da zaga, ficou na cara do gol, quase driblou o goleiro, mas acabou travado na hora do chute.

No entanto, o gol estava amadurecendo e, aos 21min, após cruzamento da esquerda de Guilherme Arana, Richarlison desviou de cabeça e fez 2 a 0.

E lá vem ele de novo! Aos 29min Richarlison recebeu pela esquerda, clareou e bateu no canto esquerdo: 3 a 0 e hatch trick do brasileiro.

Antes do intervalo, o Brasil ainda teve um pênalti a favor, mas Matheus Cunha bateu mal e Muller espalmou.

Segundo tempo

Depois do intervalo, a Alemanha até esboçou alguma reação nos primeiros minutos, ficando mais com a posse de bola.

No entanto, faltava qualidade técnica e a Seleção Brasileira administrava bem a vantagem criada na primeira etapa.

Assim, aos 6min, quase ampliou com Matheus Cunha, que recebeu livre na direita e chutou em cima do goleiro Muller.

Depois, aos 11min, Amiri descontou para os alemães, em chute que ainda desviou antes de entrar.

Em seguida, aos 17min, Arnold foi expulso após cometer falta violenta e levar o segundo cartão amarelo.

E, quando o jogo parecia estar controlado, aos 37min a Alemanha marcou o segundo gol com Ache, de cabeça, aproveitando cruzamento em profundidade.

No final, o Brasil viveu um pouco de tensão, mas conseguiu a vitória, pois nos acréscimos, em contra-ataque, Paulinho fez o quarto gol.

Leia também: Argentina estreia nas Olimpíadas com derrota para Austrália no futebol masculino

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.