Reserva de emergência: o que é e como fazer?

0

A reserva de emergência é muito importante para poupar algumas dificuldades em momentos desconfortantes. Entretanto, com o baixo salário, nem sempre é possível criar uma. Parece que todo o dinheiro se esvai ao fim do mês, não sobra nada. Entretanto, isso nunca mais precisa acontecer. O Brasil 123 separou algumas dicas para criar uma sem passar dificuldades. Quer saber mais sobre? Basta continuar a leitura conosco!

Colocando tudo em um investimento

Investimento não é poupança, para começo de conversa. Esqueça dessa opção porque existem outras alternativas melhores e com maiores rendimentos, totalmente sem riscos e garantidas. Um exemplo é o banco Inter que possui o CDB juntamente com mais limite de crédito. O investimento conta com 100% do CDI e você terá mais limite no cartão com a quantidade que investir. Por exemplo, se colocar R$ 10 mil, terá esse valor como limite.

Entretanto, não é porque está tendo mais créditos que precisa usar eles. Essa foi apenas uma ideia de investimento para deixar o dinheiro rendendo e poder tirar a hora que desejar, diferentemente de aplicações semestrais ou anuais.

Evite parcelamentos

Uma dica para ter uma reserva de emergência é evitar parcelamentos. Isso porque cobra-se taxas mensais e que ao final, aumentam de forma considerável o valor total do produto. Imagine que possui 10 produtos parcelados e cada um tem o juros total de R$ 5 (um valor bem pequeno). Ao total, serão R$ 50! Esses R$ 50 poderiam ser utilizados na sua reserva de emergência.

Caso encontre uma loja que faz em “12 vezes sem juros” corre! Geralmente os valores dos produtos já são mais altos para recompensar os juros cobrados. Então, suas perdas seriam as mesmas. Busque por lojas que cobram juros em parcelamentos e que fornecem produtos mais baratos pagando à vista, use sempre o débito ao seu favor.

3. Crie um planejamento

Separe um planejamento para descobrir qual a quantidade ideal para guardar mensalmente. Tenha o compromisso de sempre inserir o valor em um dia específico do mês no seu investimento.

Crie uma planilha com seus principais gastos para que saiba se organizar e sobre ao fim do mês. Dessa forma, não correrá o risco de chegar ao dia e não ter sobrado nada.

E então, tem mais alguma dica de como criar uma reserva de emergência? Comenta aqui com a gente e ajude outros leitores!

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.