Renato Gaúcho foca na final da Libertadores após empate do Flamengo no Brasileirão

Isso porque restam mais quatro jogos, ou 12 pontos, em disputa e o Galo tem 8 pontos de vantagem, pois também empatou por 2 a 2 contra o Palmeiras, em São Paulo

0

O empate por 2 a 2 contra o Grêmio, em Porto Alegre, na noite de terça-feira (23), complicou a vida do Flamengo no Campeonato Brasileiro, onde o título agora, mais do que nunca, está nas mãos do Atlético Mineiro.

Isso porque restam mais quatro jogos, ou 12 pontos, em disputa e o Galo tem 8 pontos de vantagem, pois também empatou por 2 a 2 contra o Palmeiras, em São Paulo.

Se o Flamengo tivesse vencido, a diferença cairia para seis pontos e ainda teria uma chance maior nas rodadas finais.

No entanto, depois de abrir 2 a 0 no segundo tempo, com um jogador a mais, cedeu o empate no final e quase deixou o time gaúcho virar.

Porém, a preocupação maior do Flamengo agora é a Copa Libertadores da América, onde disputa a final de sábado (27) contra o Palmeiras, no estádio Centenário, em Montevidéu, em partida de jogo único.

Inclusive, a delegação rubro negra já embarca para a capital uruguaia na tarde desta quarta-feira (24), direto de Porto Alegre, mantendo sua logística de viagem.

Apesar do resultado ruim fora de casa, o treinador ressalta que o resultado não interfere em nada na preparação para a final, até por utilizar um time praticamente reserva.

“Não preocupa. Às vezes é a falta de entrosamento também. Jogando com uma equipe diferente isso é uma coisa normal”, disse.

“Mas isso não me preocupa não, porque a equipe do próximo sábado, da final da Libertadores, é totalmente diferente, uma equipe acostumada a vencer, uma equipe mais experiente. E a minha confiança é total nesta equipe que vai enfrentar o Palmeiras”, afirmou Renato.

Dificuldades

Depois, o treinador do time carioca ainda citou os obstáculos dentro da partida contra um adversário que conhece muito bem.

“O jogo foi bom, pegado, disputado, até porque não poderia ser diferente. O Grêmio em uma situação difícil no campeonato. Minha equipe competiu, criou, conseguimos fazer dois gols. Infelizmente cedemos o empate com um jogador a mais. Mas Campeonato Brasileiro é assim mesmo, não tem jogo fácil”, afirmou.

Em seguida, ainda falou novamente sobre a preparação para a final da Libertadores.

“Fizemos tudo o que poderíamos fazer, para que tivéssemos agora para dia 27 todo mundo à disposição. Conseguimos recuperar os jogadores que estavam entregues ao departamento médico, jogadores que, de repente, ainda não estão 100%, mas estão recuperados e à disposição”, disse.

Leia também: Técnico do Grêmio valoriza ponto contra o Flamengo e vê time forte para reta final

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.