Renascimento: o que foi, características e contexto histórico

1

O movimento artístico do Renascimento, aconteceu dentro do período renascentista, que se deu na Itália no século XV, logo que o declínio do sistema feudal começou a acontecer e por isso, o estilo ainda carrega consigo, várias características associadas ao período medieval.

A Renascença foi um período efervescente culturalmente e intelectualmente, e com isso, áreas de arte e ciência também tiveram suas mudanças que com o tempo foi se espalhando por toda a Europa.

Características do renascimento artístico

A arte do renascimento teve sua inspiração vinda da antiguidade clássica, o que era diferente da arte medieval. Os artistas do movimento do renascimento, tinham o período medieval como um contexto como um empecilho, que impedia que as artes evoluíssem em vários aspectos diferentes.

Isso porque, o intimamente, a arte medieval possui um teocentrismo e uma cultura religiosa envolvida, e depois dos vários avanços sociais, científicos e culturais, o movimento do renascimento precisava de um caráter diferente e mais humanista.

Sendo assim, o renascimento deu lugar ao antropocentrismo renascentista, e com isso ainda veio a Idade Moderna. O que foi uma grande contribuição do renascimento, para promover um novo olhar sobre a própria arte medieval.

A pintura teve diversas evoluções, assim como as esculturas, a literatura, a arquitetura e tudo mais voltado a valorizar os aspectos da natureza e dos humanos.

Dentro do renascimento, muitos artistas se associaram ao movimento, e com isso, a mudança da mentalidade da época começou a ser proporcional a toda a variedade temática das obras, e dos costumes que foram sendo criados.

Principais artistas e suas obras no Renascimento

Veja abaixo, alguns dos principais artistas do renascimento e as principais obras da época;

  •         Leonardo da Vince (1452- 1519)

o   A Última Ceia;

o   Monalisa;

o   A Virgem das Rochas.

  •         Donatello di Niccoló (1368-1466)

o   Gattamelata;

o   São Marcos;

o   Tabernáculo de São Jorge.

  •         Michelangelo (1475-1564)

o   Teto da Capela Sistina – A Criação do Adão;

o   Moisés;

o   Pietà.

  •         Rafael Sanzio (1483-1520)

o   O casamento da Virgem.

  •         Sandro Boticcelli (1445-1510)

o   O Nascimento de Vênus;

o   Primavera e Virgem com menino;

o   Adoração dos Reis Magos.

  •         Dante Alighieri (1265-1321)

o   A Divina Comédia;

o   Vida nova e Monarquia;

o   Sobre a Eloquência Vernácula.

  •         Masaccio (1410-1428)

o   Sagrada Trindade;

o   Expulsão do Paraíso;

o   O Pagamento do tributo.

Essas são algumas das principais obras do período do renascimento, estão distribuídas entre esculturas, pinturas e literatura, e são uma grande representação do que foi tal movimento naquela época.

Saiba mais sobre arte e cultura ao clicar aqui.

Leia Também:

1 comentário
  1. […] classicismo foi um movimento que aconteceu entre os séculos XV e XVI, fazendo assim, parte do Renascimento. A proposta desse movimento, assim como o próprio nome diz, é retornar suas formas e temas da […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.