Remo vence a terceira seguida na Série B e afunda o Cruzeiro

Time da casa foi a 16 pontos e Raposa corre risco de entrar no Z-4

0

O Remo venceu o Cruzeiro por 1 a 0 na noite desta terça-feira (20), no estádio Baenão, em Belém do Pará, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o time da casa, comandado pelo técnico Felipe Conceição, que reencontrou seu ex-clube, foi a 16 pontos, em 11º lugar, indo a três vitórias seguidas.

Por sua vez, a Raposa, do técnico Mozart, está em 16º lugar, com 11 pontos e pode terminar a rodada na zona de rebaixamento.

Agora a próxima rodada, a equipe paraense volta ao jogar na sexta-feira (23), quando visita o Londrina, a partir das 16h, no estádio do Café, em Londrina, pela 14ª rodada.

Enquanto isso, o Cruzeiro entra em campo novamente no sábado (24), quando visita o Vila Nova, a partir das 16h, no estádio OBA, em Goiânia.

O jogo

Em campo, o Remo começou o jogo com mais posse de bola, porém, sem muita objetividade nos primeiros minutos para buscar o gol.

Na prática, a primeira chegada mais perigosa do time da casa veio aos 14min, quando Victor Andrade recebeu, bateu de lado na bola e Fábio fez a defesa com tranquilidade.

No entanto, o gol do Remo estava amadurecendo e chegou aos 22min, quando Victor Andrade recebeu cruzamento dentro da grande área e acertou um belo voleio, indefensável: 1 a 0.

Depois disso, o Cruzeiro saiu mais para o jogo, em busca do empate, e teve uma boa chance aos 32min, quando Matheus Barbosa chutou de fora da área e a bola saiu bem perto do gol.

Mas, apesar da maior posse de bola nos minutos finais da primeira etapa, o time mineiro foi improdutivo, o Remo se defendeu bem, e o primeiro tempo acabou com a vantagem parcial dos paraenses.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Cruzeiro perdeu grande chance logo aos 2min, com Rafael Sóbis, que recebeu livre e mandou para fora.

Apesar do amplo domínio mineiro no início, o Remo é quem quase ampliou aos 7min, com Felipe Gedoz, em finalização que passou bem perto do gol.

Assim, o tempo ia passando e o Cruzeiro não conseguia ser contundente para buscar o gol de empate.

Além disso, aos 23min o Cruzeiro perdeu o volante Matheus Barbosa, expulso após receber o segundo cartão amarelo.

Assim, em desvantagem, a Raposa não conseguiu mais pressionar em busca do empate.

Leia também: Botafogo perde em casa para o Goiás, que volta ao G-4 da Série B

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.