Reino Unido avalia transferir pacientes com covid a hotéis para desafogar sistema de saúde

2

O sistema de saúde do Reino Unido avalia transferir pacientes para hotéis para aliviar a pressão sobre os hospitais que lutam para lidar com o aumento de contágios de covid-19. O secretário de Saúde britânico, Matt Hancock, disse nesta quarta-feira (13) que procura maneiras de reduzir a pressão sobre os hospitais. 

Por isso, ele considera a transferência de pacientes para hotéis quando for “apropriado”. Os pacientes também devem ser enviados para as próprias casas, conforme o programa “casa e hotel” criado pelo Reino Unido.

“Nós só faríamos isso se fosse clinicamente a coisa certa para alguém. Em alguns casos, as pessoas precisam de cuidados sentados, não precisam realmente estar em uma cama de hospital”, explicou Hancock em entrevista à Sky News.

Sendo assim, chefes de hospitais na Inglaterra pretendem começar a dar alta aos pacientes em uma escala nunca vista antes. De fato, trata-se de uma medida de emergência para criar capacidade extra de leitos e impedir o colapso do sistema de saúde.

De acordo com o plano, os pacientes que receberem alta antecipada para um hotel terão assistência de organizações voluntárias, como a Cruz Vermelha britânica. Além disso, médicos das Forças Armadas e equipes do sistema de saúde do país estarão disponíveis.

A medida chega no momento em que o número de pacientes com covid que precisam de tratamento hospitalar disparou nas últimas semanas. Mais de 35 mil precisaram de atendimentos médicos no Reino Unido. O número de pessoas com resultado positivo nos últimos sete dias é de quase 390 mil, conforme dados oficiais.

Pandemia no Reino Unido

O Reino Unido está sob lockdown por tempo indeterminado para conter a disseminação da nova variante. Lojas não essenciais, como academias e cabeleireiros estão fechadas. A maioria das pessoas trabalham em casa e as escolas oferecem ensino à distância.

Conforme a mídia local, o governo tenta desesperadamente proteger as pessoas com vacinas antes que os hospitais sejam sobrecarregados. O maior temor são os casos da nova variante do vírus, que é mais infecciosa. O Reino Unido já tem o surto de coronavírus mais mortal da Europa, com mais de 83 mil mortes. O país soma mais de 3,1 milhões de casos desde os início da pandemia.

Leia Também:

2 Comentários
  1. […] Leia também: Reino Unido avalia transferir pacientes com covid a hotéis para desafogar sistema de saúde […]

  2. […] Leia também: Reino Unido avalia transferir pacientes com covid a hotéis para desafogar sistema de saúde […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.