Redução do Auxílio Emergencial já devolveu sete milhões para pobreza

De acordo com dados do FGV, a expectativa é que mais 10 milhões voltem para a pobreza quando o Auxílio acabar de vez

3

A redução do Auxílio Emergencial de R$600 para R$300 devolveu sete milhões de pessoas para a pobreza no Brasil. Pelo menos é isso o que diz um estudo do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV Ibre).

De acordo com o estudo, essas sete milhões de pessoas voltaram a ter que viver com menos de R$5,50 por dia. Esse é portanto um nível de pobreza. A situação, no entanto, deve ficar pior quando o Auxílio acabar de vez no final deste mês.

O FGV Ibre projetou o que vai acontecer a partir de janeiro de 2021. As notícias não são boas. É que mais 10 milhões devem seguir o mesmo caminho. Assim, no final das contas o Brasil vai colocar 17 milhões de pessoas na pobreza.

Em termos percentuais, nós estamos falando de 26,6% da população brasileira vivendo na pobreza. Isso é portanto um ponto percentual a mais do que a taxa de 2019. Em outras palavras, a situação de depois do Auxílio deverá ser pior do que a situação de antes do Auxílio.

Isso preocupa os especialistas porque se imagina que esse Auxílio vai acabar não surtindo um efeito duradouro na vida dessas pessoas. Dessa forma, se entende que a maioria usou o dinheiro para comprar itens básicos, e não para se manter no futuro.

Pobreza no Brasil

Oficialmente, o Brasil ainda não explicou o que vai fazer a partir de janeiro de 2021. Pelo menos não do ponto de vista dos programas sociais. Muitas são as propostas. Já se fala em ampliar o Bolsa Família ou mesmo criar um novo programa de renda mais abrangente.

Mas o fato é que nada disso saiu do papel ainda. O presidente Jair Bolsonaro disse que “o Auxílio Emergencial é muito para quem paga e pouco para quem recebe”. O presidente afirma que a continuidade do programa iria complicar a situação das contas públicas.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

3 Comentários
  1. Renata Diz

    O presidente Jair bolsonaro fala isso como pra ele é fácil que tem dinheiro 💸 no cofre aí ele não tá preocupando já as pessoas que precisam agora mais do que nunca ele vai acabar com auxílio emergencial pelo amor de Deus né não tá fácil pra ninguém agora

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.