Quer trabalhar como freelancer? Conheça os benefícios e desafios

Saiba o que esperar do trabalho como freelancer ou como empresário individual

0

O trabalho como freelancer tem se popularizado cada vez mais. Muitas pessoas começaram a trabalhar por conta própria na pandemia, mas tomaram gosto pela coisa. Outras sempre tiveram o sonho de trabalharem para si mesmas e ainda não abriram uma empresa, por isso trabalham sozinhas. Se você é uma das pessoas que tem vontade de trabalhar como freelancer, mas está pesando na balança ainda se é uma boa opção, acompanhe este artigo e descubra os benefícios e desafios para decidir se o trabalho se encaixa no seu perfil!

Investimento em curto prazo: confira melhores opções para você

Você faz o seu horário

Trabalhar como freelancer implica em trabalhar a hora que você quiser e também tirar dias de folga quando você achar que deve. Não ter chefe signina flexilidade de horário e conforto para marcar médicos, ir ao banco ou ter qualquer outro compromisso e trabalhar quando você achar melhor.

É preciso ter disciplina

Por outro lado, quando você mesmo faz o seu horário, é preciso ter muita disciplina, controlar o seu horário para acordar e organizar o trabalho. Isso porque os clientes esperarão de você seriedade, profissionalismo e pontualidade. E em muitos casos, eles não cobrarão e sim contratarão outro profissional se não gostarem do seus serviços ou comportamento.

Você gasta com seu transporte

Uma desvantagem ao trabalhar como freelancer é que, se você precisa se descolar, há todo um gasto. Dependendo do serviço que você faz, é preciso agendar avaliações gratuitas no local e isso pode exigir um grande investimento em gasolina. Por isso, o transporte e outros gastos devem ser colocados na balança.

Vida financeira em casal: alinhem seus objetivos para cuidar do dinheiro

É escolha sua os locais onde vai trabalhar

Se você trabalha prestando serviços pessoalmente, pode escolher não ir para tão longe de onde mora e reduzir os gastos. Mas se você trabalha prestando serviços à distância, utilizando o computador, por exemplo, pode trabalhar realmente de onde quiser. Isso significa que pode marcar viagens e trabalhar pertinho da praia ou da natureza!

Pode ser difícil encontrar clientes

O trabalho com carteira assinada pressupõe salário fixo e você não precisa correr atrás de clientes. Já para trabalhar como freelancer não é bem assim. É preciso que você busque ops clientes ou se faça encontrar por aqueles que estão procurando pelos seus serviços. Pode acontecer, muitas vezes, de ficar sem, ou ficar com poucos clientes e isso tudo interferirá no seu salário final.

Há todo perfil de clientes no mercado

Por outro lado, ao trabalhar para si mesmo e poder buscar os seus próprios clientes, você encontrará diferentes tipos de perfis de cliente. Alguns deles são muito bons e buscam um trabalho de qualidade e não um preço barato. E você tem a opção de escolhê-los e ficar com eles, dispensando aqueles com mau pagamento ou que não valorizam o seu trabalho.

Você não tem férias, mas pode parar quando quiser

Por fim, trabalhar como freelancer é não ter férias porque, normalmente, mesmo sendo inscrito no MEI, não compensa tirar férias pelo recebimento de um salário mínimo. Entretanto, é possível juntar um bom dinheiro antes de tirar suas férias e passar alguns dias fora do trabalho.

Finanças pessoais: 4 gastos escondidos no orçamento

 

Avalie o Artigo:
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.