Queda na arrecadação afeta escolas municipais brasileiras

Diminuição do consumo acarreta na queda dos repasses destinados à educação pública dos municípios.

2

A queda das atividades econômicas em função da pandemia do novo coronavírus está afetando diversos setores da sociedade. Dentre eles, a educação está sendo um dos mais afetados. 

De acordo com uma estimativa da Todos pela Educação, em parceria com o Instituto Unibanco, há uma previsão de que a arrecadação de impostos continue em queda. Isso acontece pois, com a pandemia e o isolamento social, muitos comércios deixaram de funcionar, diminuindo a movimentação econômica. Além disso, mesmo no caso dos deliverys, houve uma redução no número dos pedidos devido a crise financeira enfrentada pela população. Com a crise, muitas pessoas perderam sua renda, entrando em um ciclo de não consumo. Como resultado, a arrecadação de impostos sobre essas atividades cai. Consequentemente, a verba disponível para diversos setores econômicos também têm queda.

Queda na arrecadação leva a perda de mais de 15 bilhões

Segundo a estimativa, as redes municipais de ensino poderão ter perdas entre 15 e 31 bilhões de reais em repasses. Assim, esse número representa uma queda de 10% a 20% do total de recursos utilizados em 2019. Na época, o valor dos repasses chegou a 154 bilhões de reais. 

Juntas, as redes municipais brasileiras atendem mais de 23 milhões de alunos. Há muito tempo se fala sobre os problemas enfrentados pela educação pública, que sofre com a falta de verba suficiente para oferecer ensino e estrutura adequados aos alunos. Contudo, essa queda na arrecadação de impostos deve piorar ainda mais a situação. Acima de tudo, quando falamos de uma possível volta às aulas presenciais. Nesse momento, além dos gastos habituais, as redes municipais deverão investir em uma série de materiais que ajudem a garantir a segurança dos alunos. Porém, com essa queda na arrecadação, o ensino e a saúde dos jovens podem estar ameaçados. Outras despesas básicas, como manutenção, pagamento de salários, merenda e material de apoio também deverão ser afetados.

2 Comentários
  1. […] Leia também: Queda na arrecadação afeta escolas brasileiras.  […]

  2. […] pesquisa sobre o retorno dos estudantes às salas de aula. De acordo com a pesquisa, 3.769 redes municipais ainda não possuem previsão para voltarem com as aulas presenciais. Acima de tudo, isso acontece […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.