Quais são os riscos da obesidade na gestação?

2

O ganho de peso durante a gestação é um medo muito comum das futuras mamães. Mas quando esse ganho deve se tornar uma real preocupação? Quando a obesidade vira um risco na gestação? A princípio, uma mulher é obesa quando apresenta índice de massa corporal (IMC) superior a 30 kg/m2. Além disso, ela está com sobrepeso quando seu IMC está entre 25 e 29 Kg/m2.

Por isso, para calcular o IMC basta realizar a divisão do peso (em quilogramas) pelo quadrado da altura (em metros), pré-gestacional. Nesse sentido, o ideal é que o ganho de peso não ultrapasse 5 a 9 Kg em pacientes obesas, 7 a 11 Kg em pacientes com sobrepeso e 11 a 16 Kg em pacientes com IMC normal.

E quais são os riscos da obesidade na gravidez?

  • Abortamento de repetição;
  • Diabetes gestacional;
  • Aumento da pressão arterial e pré-eclâmpsia;
  • Disfunção cardíaca;
  • Apneia do sono;
  • Parto prematuro;
  • Dificuldade para o parto normal;
  • Aumento da chance de cesariana e complicações dessa cirurgia, tal como infecção da ferida operatória;
  • Tromboembolismo venoso.

Por isso, cuide da sua alimentação e da sua saúde. Na verdade, alimentação e atividade física são os melhores remédios. Nesse sentido, o cardápio deve ser estabelecido por um nutricionista, que identifica as carências nutricionais e os alimentos certo para supri-las, assim como o llimite diário de calorias.

A dieta é personalizada, mas algumas regras valem para todas. Alimentos ricos em gordura saturada e açúcar, frituras e refrigerante devem ser evitados – e os industrializados e embutidos reduzidos. Se a vontade de doce é grande, não apele para o adoçante, exceto que haja recomendação médica para isso – a ciência ainda estuda seus efeitos no organismo a longo prazo. E, é claro, investir em refeições coloridas, variadas e equilibradas, com cereais integrais, carnes magras e laticínios pobres em gordura. Frutas, legumes e verduras são mais do que bem-vindos.

Por fim, exercícios físicos também são importantes para manter a saúde de mãe e filho em ordem. Eles auxiliam na manutenção do peso e da pressão arterial e ainda melhoram a ação da insulina.

Veja também: O que é IMC e como calcular?

Leia Também:

2 Comentários
  1. […] Por fim, veja também: Quais são os riscos da obesidade na gestação? […]

  2. […] Veja também: Quais são os riscos da obesidade na gestação? […]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.