Quadrilha invade shopping Iguatemi e assalta joalheria no interior de SP

O assalto aconteceu em uma joalheria. Os bandidos levaram itens como joias e relógios de luxo, causando um prejuízo de cerca de R$ 600 mil

0

Criminosos invadiram e assaltaram uma joalheria do shopping Iguatemi Esplanada, localizado na cidade de Sorocaba, no interior de São Paulo, na noite de sábado (13), e causaram pânico em clientes e lojistas do local. De acordo com as informações, a ação dos criminosos aconteceu por volta das 21h.

Na ocasião, os bandidos invadiram uma joalheria e levaram joias, relógios de luxo e outros objetos, causando um prejuízo de cerca de R$ 600 mil.

Nas redes sociais, imagens mostram pessoas correndo pelos corredores do estabelecimento. Nesses vídeos, é possível constatar que houve troca de tiros com um profissional de segurança do shopping e um vigilante foi feito refém na entrada da loja, mas acabou sendo liberado na saída.

Com a confusão instaurada, o alarme do local foi acionado e, depois que a Polícia Militar (PM) chegou ao shopping, funcionários e clientes precisaram permanecer trancados dentro de lojas e restaurantes por mais de uma hora. Neste momento, a PM fazia varredura no local em busca dos assaltantes.

Além da corporação, agentes da Polícia Civil, Guarda Municipal de Sorocaba e a Polícia Científica também foram acionadas e estiveram no shopping. Apesar de toda a mobilização, ninguém ainda foi preso. Todavia, sabe-se que cerca de dez pessoas participaram do crime.

Em sua conta oficial do Twitter, Rodrigo Manga (Republicanos), prefeito de Sorocaba, afirmou que, apesar do susto, ninguém ficou ferido por conta do assalto dos bandidos. Em nota, a administração do shopping confirmou o fato e ainda ressaltou que a polícia foi imediatamente acionada. Não suficiente, a gestão do local disse que está colaborando com as autoridades.

A ação no shopping

De acordo com a Polícia Civil, dois seguranças diretamente envolvidos na ação deram detalhes do assalto. Segundo um dos profissionais, os bandidos anunciaram o crime no momento em que ele foi avisar um condutor de que ele estava estacionado de forma irregular.

Na sequência, esse profissional diz que um dos ladrões pegou sua arma, o colete balístico e o rádio. Já o outro segurança explicou que foi abordado em frente à joalheria, quando dois assaltantes, que estavam vestidos com roupas normais, anunciaram o crime e exigiram que os funcionários entregassem relógios e joias.

Leia também: Integrante do tribunal do crime é preso acusado de ter mandado matar mulher que passou informação a facção rival de SP

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.