PRF prendeu mais de 50 pessoas em rodovias federais do DF e Entorno

Segundo a PRF, a maioria das prisões ocorreu por embriaguez ao volante, que continua sendo uma das principais causas de acidentes

0

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Distrito Federal prendeu, no mês de abril de 2021, 54 pessoas por diversos crimes. De acordo com a entidade, as prisões ocorreram nas rodovias federais que cortam o DF e Entorno. A maioria das prisões ocorreu por embriaguez ao volante, que continua sendo uma das principais causas de acidentes.

Polícia prende padrasto suspeito de tentar matar criança de 2 anos em MG

Em nota, a PRF revelou que intensificou o combate à embriaguez e, durante o mês de abril, multou 60 motoristas por dirigirem bêbados ou por se recusarem a fazer o teste do etilômetro.

Segundo a entidade, destes, 15 acabaram tendo suas prisões decretadas, pois o teor alcoólico foi superior a 0,30mg de álcool por litro de ar alveolar. “A pena é de detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão da habilitação”, explicou a corporação.

Além das prisões, neste período, os agentes recuperaram 12 veículos ilícitos. O enfrentamento ao crime nas rodovias federais do DF e Entorno também resultou na apreensão de duas pistolas e 18 munições.

De acordo com a PRF, com ajuda de cães farejadores, os PRFs também apreenderam drogas. Um desses casos aconteceu no dia 07 de abril, quando os cães ajudaram os agentes a encontrar três quilos de maconha.

A ocorrência aconteceu em frente a Unidade Operacional de Planaltina (DF) na BR 020, quando os policiais abordaram um ônibus que fazia a linha Aparecida de Goiânia, (GO) para Irecê (BA). “A droga estava embalada por diversas camadas de papel filme e guardada em uma caixa de papelão que estava sendo transportada no bagageiro do ônibus”, relatou a entidade.

PRF vem aprimorando policiamento

A PRF relatou que modelo de policiamento da corporação tem se aprimorado ao longo dos anos, pois a entidade saiu de um modelo tradicional, pautado somente na expertise do policial de ponta.

“Investimos em tecnologia e análises de dados, de modo que as nossas abordagens hoje são mais efetivas, orientadas por inteligência”, disse em nota a corporação.

Por fim, a Polícia Rodoviária Federal também revelou que houve diversas capacitações para ampliar a percepção dos policiais e aumentar a eficiência no combate ao crime.

Leia também: Tesoureiro desvia R$ 8 milhões de prefeitura no RS e perde tudo no mercado financeiro

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.