Preso, homem diz que matou trabalhador rural a mando de candidato

O suspeito foi autuado por homicídio doloso qualificado

0

Um homem foi preso nesse domingo (25) suspeito de matar um trabalhador rural a facadas na cidade de Ipuã, interior de São Paulo. De acordo com a Polícia Civil, o acusado disse que recebeu dinheiro de um candidato a vereador para cometer o crime.

Leia também: Jovem é preso suspeito de pedofilia contra crianças entre 5 e 12 anos

Natural do Maranhão, a vítima, que não teve seu nome revelado, estava na cidade à viagem para acompanhar os pais. O suspeito foi autuado por homicídio doloso qualificado – motivo fútil e meio que inviabilizou a defesa da vítima.

preso
O suspeito foi autuado por homicídio doloso qualificado – motivo fútil e meio que inviabilizou a defesa da vítima. (Foto: reprodução/ Polícia Civil)

Levado à delegacia, o homem admitiu o homicídio e afirmou que recebeu R$ 300 de um candidato a vereador, que não teve o nome revelado, como sinal para que matasse a vítima. Depois, ele receberia mais R$ 1,2 mil.

De acordo com os familiares, a vítima estava há oito dias na cidade e voltaria para o Maranhão, sua terra natal, no domingo. Segundo essas pessoas, a vítima não tem ligação alguma com Ipuã.

 

Dessa forma, a polícia investiga se ele era realmente o alvo ou o suspeito o confundiu com outra pessoa. O preso não tem ficha criminal, mas é conhecido pelo envolvimento com drogas. Ele foi levado à Cadeia de São Joaquim da Barra (SP) e deverá passar por audiência de custódia.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.