Presidente elogia Decotelli e diz que ele está ciente do equívoco

O presidente Jair Bolsonaro comentou o assunto em sua rede social. Confira!

0

Na noite de ontem, 29 de junho, o presidente Jair Bolsonaro disse que o seu novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli, está sendo julgado por um processo de “deslegitimação” após algumas controvérsias sobre seu currículo.

Após sua nomeação, na semana passada, Bolsonaro listou alguns título do novo comandante da Educação no Brasil, como o de economista, incluindo um doutorado na Universidade de Rosário, na Argentina, e um pós-doutorado na Universidade de Wuppertal, na Alemanha.

Ambas titulações, porém, não foram confirmadas pelas universidades. O ministro editou o seu currículo na Plataforma Lattes, corrigindo as informações. 

Em uma publicação na sua rede social, Bolsonaro não deixou de elogiar o ministro e reconheceu que ele se equivocou sobre as informações.

Desde quando anunciei o nome do Professor Decotelli para o Ministério da Educação só recebi mensagens de trabalho e honradez. Por inadequações curriculares o professor vem enfrentando todas as formas de deslegitimação para o Ministério. O sr. Decotelli não pretende ser um problema para a sua pasta (Governo), bem como, está ciente de seu equívoco. Todos aqueles que conviveram com ele comprovam sua capacidade para construir uma Educação inclusiva e de oportunidades para todos“, afirmou.

– Desde quando anunciei o nome do Professor Decotelli para o Ministério da Educação só recebi mensagens de trabalho e…

Posted by Jair Messias Bolsonaro on Monday, June 29, 2020

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.