Presidente da Câmara diz que vai discutir com governadores ações contra pandemia

Arthur Lira disse que a alta de casos no Brasil era algo "previsível", e que conversará com governadores sobre possíveis ações para enfrentar a pandemia

0

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou neste sábado (27) que conversará com governadores, na semana que vem, sobre as ações para enfrentar a pandemia da Covid-19. De acordo com ele, a alta de casos no Brasil era algo “previsível”.

Leia também: Bolsonaro não corrige tabela e obriga 10,5 milhões a pagar Imposto de Renda

As declarações do presidente da Câmara foram dadas em sua conta do Twitter. De acordo com ele, a situação de Manaus, onde pacientes morreram por falta de oxigênio, foi um dos “pré-avisos” do que aconteceria no restante do país.

“Nós estamos em uma segunda onda que teve pré-avisos ali de Manaus, sempre começa por lá, e começou por lá a primeira e mais algumas capitais por causa do hub. Nós tivemos ao final do ano o Réveillon, Natal, carnaval, muitas pessoas viajando pelo Brasil. E era previsível que essas coisas acontecessem”, disse o deputado.

Segundo o presidente da Câmara dos Deputados, a reunião com os governadores visa colher sugestões de medidas legislativas e alterações no Orçamento para combater a pandemia da Covid-19. Ainda de acordo com ele, a presidente da Comissão Mista do Orçamento, a deputada Flavia Arruda (PL-DF), e o relator, Marcio Bittar (MDB-AC), estarão presentes no encontro.

“Pretendo fazer uma teleconferência com os governadores nesta semana, junto com a presidente e o relator da CMO, para ouvir como o Orçamento pode ajudar na superação da pandemia”, publicou o deputado. 

Para ele, em um momento em que inúmeros governadores estão tendo que adotar medidas mais restritivas com o fim de frear a disseminação da Covid-19, é hora de contribuir, “buscando novas alternativas e novas vias legais para, juntos, mitigarmos essa crise”.

Arthur Lira defende vacinação 

Para Arthur Lira, apesar da programada conversa com os governadores, o principal meio de frear a Covid-19 é vacinando. Dessa forma, ele voltou a defender o avanço da imunização no país.

“O que nós temos que agilizar, e aí todos nós juntos: políticos, empresários, governadores, deputados, senadores, Pode Executivo, sociedade civil organizada, são as vacinas”, disse Lira.

De acordo com os números do balanço da vacinação no país, mais de seis milhões de brasileiros já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Desses, quase dois milhões já receberam a segunda dose do imunizante.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.