Prefeito de São Paulo defende aumento de 47% no próprio salário

De acordo com ele, os vencimentos e o teto do funcionalismo público da cidade estavam defasados

1

Para o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), o aumento de 47% em seu próprio salário a partir de 2022 era necessário. De acordo com ele, os vencimentos e o teto do funcionalismo público da cidade estavam defasados. Além de Covas, também receberam um incremento na renda mensal o vice-prefeito e os secretários municipais.

Leia também: Sergio Moro e André Mendonça, ministro da justiça, discutem em rede social

O reajuste foi aprovado em duas votações na Câmara Municipal e sancionado no último dia 24, véspera de Natal. Agora, com o aumento, salário de Covas passa de R$ 24 mil para R$ 35,4 mil. No entanto, na última semana, a oposição do governo entrou na Justiça para tentar barrar o aumento.

Em entrevista ao canal de televisão “GloboNews” Covas tentou argumentar o aumento. De acordo ele, o salário do prefeito é o teto do funcionalismo, que está congelado desde 2013, ano do último reajuste.

“Durante esse período de oito anos, a inflação foi algo em torno de 60 a 100%, dependendo do valor que é considerado. O salário mínimo aumentou nesse período 68%. O valor dos salários dos professores na rede municipal aumentou 80%”, comparou Covas.

Em pesquisa, o Brasil123 constatou que, hoje, os professores da rede pública de São Paulo, usados na comparação do chefe do executivo paulista, recebem, por 40 horas semanais de trabalho, um salário de 2.886,24. Percentualmente, significa que os vencimentos do prefeito, hoje, são mais de 1150% maiores.

Todavia, Covas defende mais uma vez seu argumento e diz que a “defasagem é ruim para a cidade porque algumas carreiras do funcionalismo municipal, como os auditores fiscais, recebem pelo teto”.

Por fim, o prefeito de São Paulo argumenta que o projeto aprovado é somente “autorizativo”, e, segundo ele, “não amplia de forma automática o salário do prefeito, do vice e dos secretários”. “Nós só vamos fazer isso em 2022, caso a pandemia já tenha passado”, afirmou.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.