Por que Ronaldo foi considerado um Fenômeno?

Neste mês de setembro Ronaldo completou 44 anos vamos dar uma passada pela carreira do Ex camisa 9 e entender um pouco da razão do apelido.

0
ronaldo nazario twitter
Redenção em 2002 / Foto: Ronaldo Nazário Twitter

No último dia 18 deste mês Ronaldo Nazário de Lima ou simplesmente Ronaldo Fenômeno completou 44 anos. Marcada por muitas Lesões, polêmicas, gols e bom futebol a carreira do Fenômeno teve de tudo um pouco.

Mas hoje vamos entender um pouco melhor por que razão Ronaldo é Fenômeno. E como sua carreira pode ter sido um marco no futebol mundial.

Primeiro Brasileiro a sair do brasil antes dos 20 anos

Ronaldo possui uma carreira bem diferente de outros jogadores. Muitos jogadores começam nas categorias de base de algum clube até passarem para o time profissional. Mas no caso de Ronaldo foi diferente. O praxe dos anos 90 foi quebrado quando o ex-jogador Jairzinho comprou o passe do Jovem Ronaldo por dez mil dólares e revendeu ao Cruzeiro seu ex-clube.

Fez sua estreia pelo Cruzeiro com apenas 16 anos, assim no campeonato brasileiro marou 12 gols em 14 partidas sendo o 3º maior goleador da competição. Tendo marcado 5 em uma partida memorável contra o Bahia. E ainda foi artilheiro da supercopa Libertadores com 8 Gols. Em 1994 seguiu sendo destaque no time do Cruzeiro sendo artilheiro do Estadual.

Entretanto pouco antes da Copa do Mundo o fenômeno que já havia sendo sondado por outros times europeus aceita a proposta do PSV e deixa o Cruzeiro rumo á Holanda. Com um total de 44 gols em 46 Jogos Ronaldo deixou uma grande marca na sua passagem pelo Cruzeiro.

Em um tempo onde se defender passou a ser tão importante quanto atacar, era pouco comum haver marcas como as do Ronaldo. E assim comparações foram surgindo ao redor da jovem revelação. E na Europa a vida do Fenômeno mudaria para sempre.

O Fenômeno símbolo da seleção e das propagandas

Nos anos 80 as propagandas relacionadas ao futebol vinham crescendo gradativamente. Pelé foi um dos pioneiros, logo após Zico e Maradona também deram as caras em algumas publicidades. Mas nos anos 90 com a seleção brasileira voltando a ser campeã após 24 anos e logo após Ronaldo Fenômeno Sendo eleito melhor jogador do mundo da FIFA por 2 anos seguidos. Estava feito a cara da seleção.

Parte da identidade de Ronaldo Fenômeno com o publico brasileiro se deu devido a seleção e outra parte as propagandas. Em um tempo em que não era tão comum acompanhar campeonatos europeus no Brasil as propagandas foram uma boa forma do Fenômeno aparecer, e gradativamente fez o futebol europeu crescer no Brasil.

Só nos anos 90 foram Brahma, Parmalat Pirelli e Nike. Seja para o mundo na propaganda God X Devill de 1996, seja em uma propaganda da Parmalat. No Brasil ou no mundo Ronaldo viu sua imagem crescer através das peças de Marketing.

E assim abrir caminho para tudo o que viria nos anos 2000, com Messi e Cristiano Ronaldo.

Fenômeno das colunas sociais

Com os avanços da Internet Ronaldo e seus contemporâneos passaram a ser alvo dos Paparazzis, assim se tornando um jogador celebridade. Ou seja dentro de campo é noticia por seu futebol. Fora de campo é notícia por sua vida.

Algo parecido com Pelé por volta dos anos 70 e 80. Mas após a chegada da internet isso passou a ser em um outro nível. Agora seria possível dedicar matérias em um blog e não páginas de revistas, O que era muito mais caro. E Ronaldo dividiu esse posto com Romário, Edmundo, Ronaldinho Gaúcho e muitos outros.

Mas no caso do Fenômeno quem não se lembra das suas trocas de namoradas, o casamento com Daniella Cicarelli, e as constantes presenças nos camarotes nos carnavais. Isso tudo também fez a popularidade de Ronaldo alavancar no Brasil.

Notável pela seleção

Poucos jogadores são mais lembrados pela seleção do que por seus clubes. No caso de Ronaldo sua passagem pela seleção brasileira lhe rendeu muito mais frutos do que qualquer clube.

O Fenômeno nunca sequer disputou uma final da Champions, porém na seleção foi Campeão duas vezes da Copa América e da Copa do Mundo, além de uma copa das confederações.

Nos Clubes teve passagens marcantes por Barcelona e Real Madrid, e Inter e Milan. Assim muitos acabam sem saber qual passagem foi a melhor ou a mais marcante.

Porém na Seleção Ronaldo tem momentos marcantes de Baixos como na copa de 98 e 2006 onde foi culpado pelas eliminações. Ou altos como em 2002 que foi referência no ataque pentacampeão e quando em 2006 se tornou o segundo maior artilheiro das copas.

Há ainda o fator da superação da lesão pouco antes da copa de 2002 que fez a torcida brasileira ter muita empatia pela sua figura. Com a seleção brasileira o Fenômeno tem momentos memoráveis. E foi onde de fato lembrado pela torcida brasileira.

Conclusão

Assim muito mais do que o campo faz o Ronaldo ser um Fenômeno. Foi uma figura de superação, um fenômeno POP, um garoto propaganda.

A carreira de Ronaldo se não fosse as lesões poderia ser ainda maior, mas mesmo com elas Ronaldo ainda é um dos maiores jogadores deste século. E com justiça é um fenômeno.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.