Ponte Preta vence o Goiás e deixa a zona de rebaixamento da Série B

Macaca conquista um importante resultado contra um time que está no G-4

0

A Ponte Preta venceu o Goiás por 2 a 1 na noite desta sexta-feira (23), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, a equipe paulista, comandada pelo técnico Gilson Kleina, vai a 12 pontos e deixa, momentaneamente, a zona de rebaixamento, indo para 16º lugar.

Por sua vez, os esmeraldinos, que estrearam o técnico Marcelo Chamusca, segue em quarto lugar, com 23 e pode sair do G-4 no final de semana.

Agora, na próxima rodada, o Goiás recebe o Operário de Ponta Grossa na outra sexta-feira (30), no estádio da Serrinha, em Goiânia.

Enquanto isso, a Macaca só volta a jogar na outra segunda-feira, dia 2 de agosto, quando visita o CRB, a partir das 20h, no estádio Rei Pelé, em Maceió.

O jogo

Em campo, o Goiás foi melhor nos primeiros minutos, até por ter um time mais qualificado tecnicamente.

Assim, logo aos 2min, já teve uma grande chance de abrir o marcador, quando Dieguinho cruzou, ninguém cortou e Artur acertou um chute forte, mas para fora do gol.

Porém, a partida foi ficando truncada, com poucas oportunidades de gol para os dois lados.

Desse modo, a Ponte Preta tinha bastante dificuldade em finalizar e praticamente não levava perigo.

A primeira grande chance da Macaca veio apenas aos 32min, quando Felipe Albuquerque recebeu, chutou cruzado e a bola passou bem perto do gol.

Desta maneira, naquele momento, o Goiás já tinha mais dificuldades em sair jogando e já não assustava mais a Macaca como no começo do jogo.

Assim, o primeiro tempo terminou empatado sem gols.

Etapa final

Depois do intervalo, a Ponte Preta começou melhor, apesar do Goiás tentar pressionar a saída de bola do time paulista.

Porém, aos 5min, a Macaca conseguiu abrir o placar, com Rodrigão, que recebeu de Moisés, após falha da zaga esmeraldina. Ele tocou para o gol: 1 a 0.

Entretanto, um minuto depois, Artur cruzou para a área e Alef Manga pegou de primeira para mandar para o gol: 1 a 1.

Mas, aos 18min, David Duarte colocou a mão na bola e o árbitro marcou pênalti para a Ponte Ponte Preta.

Assim Camilo foi para a cobrança, deslocou Tadeu e fez 2 a 1.

 

Leia também: Palmeiras anuncia a contratação do lateral-esquerdo Jorge, ex-Flamengo

Veja Também:

Está "bombando" na Internet:

Acesse www.pensarcursos.com.br
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.