Polícia prende homem que matou mulher a tijoladas no Paraná

De acordo com a polícia, tudo começou quando a mulher denunciou o homem porque ele estava agredindo o seu cachorro

0

A Polícia Civil do Paraná prendeu um homem nesta sexta-feira (23). Esse homem matou uma mulher a tijoladas na última semana. Ele mesmo confessou que fez isso porque “a mulher o denunciou por maus tratos a animais”. O crime aconteceu na cidade de Campo Mourão.

De acordo com as informações do processo, essa mulher se chama Viviane dos Santos. Ela fazia parte de uma organização não governamental de defesa dos animais. Ela percebeu que esse homem estava batendo muito no seu cachorro.

Por isso, ela decidiu denunciá-lo para a Polícia Militar. Mas quando a polícia chegou, ele não estava mais lá. Mas horas depois ele voltou com um tijolo e agrediu a mulher que o denunciou. Ela foi para o hospital com ferimentos muito graves.

Mas apesar do socorro, ela não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo na semana passada. A sua morte acabou causando uma grande comoção na cidade. Os moradores, aliás, se uniram em um protesto e pediram pela prisão do homem em questão.

Essa prisão só aconteceu no final desta semana. O homem estava em uma área da Zona Rural da cidade. Ele não ofereceu resistência e confessou o crime. De acordo com a polícia ele deve responder por lesão corporal seguida de morte.

Tijoladas

Ainda de acordo com a polícia, essa não é a primeira relação deste homem com a prisão. Ele já responde pelo assassinato de uma pessoa durante um assalto há alguns anos atrás. Ou seja, esta é a segunda prisão.

Nas redes sociais, internautas comemoraram a prisão do homem em questão. Há uma pressão na mídia para que agora ele não saia rápido da prisão. Ele também pode responder agora por maus tratos aos animais. É, aliás, um crime que acabou de ter um aumento de pena.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.