Polícia investiga morte de trabalhador em caldeira no Paraná

Caldeira explodiu, matou um trabalhador e feriu outros três. Explosão no Paraná acabou abrindo debate sobre segurança no trabalho

1

Um trabalhador morreu nesta quarta-feira (23) após a explosão de uma caldeira no Paraná. Além dele, outros três trabalhadores ficaram com ferimentos. O incidente aconteceu na cidade de Arapongas e agentes de segurança estão investigando o caso.

De acordo com informações de testemunhas, a explosão aconteceu por volta das 16h30. Esses empregados estavam no local para realizar a manutenção da caldeira em questão. Seja como for, ainda não se sabe o que causou a explosão.

Mas se sabe que logo depois da explosão aconteceu um incêndio. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros do Paraná a própria Brigada de Incêndio da empresa acabou apagando o fogo antes mesmo da chegada da ajuda.

O SAMU chegou por lá e tentou salvar a vida do homem que ficou com mais ferimentos. Seja como for, eles não conseguiram contornar a situação e o rapaz morreu na hora. Nem os agentes nem a empresa divulgaram o nome da vítima fatal.

Essa empresa em questão trabalha com a produção de tinta e verniz. Em nota, eles afirmaram que lamentam muito a morte do trabalhador. Além disso, eles afirmaram que estão colaborando com investigações e prestando assistência para a família da vítima.

Explosão em Caldeira

Como não poderia deixar de ser, o incidente em questão acabou levantando um debate sobre a segurança dos empregados no trabalho. Vale lembrar, nesse sentido, que toda empresa precisa fornecer segurança para os seus trabalhadores.

Além disso, vale lembrar também que empregados que trabalham em situações de perigo devem receber um adicional por isso. É o adicional de periculosidade. Em caso de morte, a família pode entrar na Justiça do Trabalho e pedir uma indenização.

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.