Polícia investiga grupos que cobram por lugar na fila do Auxílio Emergencial

Polícia descobriu caso de grupo que cobrava por lugar na fila do banco na Paraíba. Mas casos parecidos estão acontecendo em todo o Brasil

0

Por todo o Brasil, policiais estão investigando grupos que estão cobrando por lugares nas filas dos bancos para sacar o Auxílio Emergencial. Funciona assim: o grupo cobra um valor e guarda esse lugar na fila para o beneficiário.

Nesta terça-feira (13), policiais conseguiram desmantelar um esquema assim na cidade Santa Rita, na Paraíba. Eles receberam denúncias de que um grupo estava inclusive colocando cadeiras para marcar os lugares com a reserva.

Uma das testemunhas disse que chegou ao local às 4h da madrugada para esperar o banco abrir de 9h e conseguir sacar o Auxílio Emergencial. Mas quando chegou lá, pessoas de um grupo informaram que ele era apenas o 16º na fila. Isso porque outros 15 reservaram as vagas com o grupo.

Quando questionou essa lógica, o grupo ameaçou agredir e até matar o senhor em questão. Foi por isso que ele e outras pessoas decidiram denunciar o caso para a Polícia. Já pela manhã os policiais chegaram ao local e tentaram pegar o grupo de surpresa.

Mas o fato é que eles não conseguiram. Quando chegaram ao local, os homens já tinham fugido. Até a publicação desta matéria, ninguém foi preso. Seja como for, os policiais quebraram as cadeiras que marcavam as reservas. Imagens mostram que a população ajudou nesse trabalho.

Fila do Auxílio Emergencial

Esse grupo atuava na Paraíba e reservava lugares para os saques do Auxílio Emergencial. Mas o fato é que há relatos de que esse mesmo crime esteja acontecendo em outras cidades do Brasil e não só para a fila do Auxílio Emergencial.

Em todos esses casos, o cidadão precisa ligar para a polícia e denunciar. Vale lembrar que a denúncia pode ser anônima. Os policiais indicam que a melhor maneira de tentar resolver a situação é não bater de frente com o grupo e sim pedir ajuda das forças de segurança da sua cidade.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.