Polícia guincha réplica infantil de Fusca conversível em SC

De acordo com a Polícia Militar, o Fusca conversível, que não poderia estar na rua, estava sendo guiado pela dona, uma criança de sete anos

0

A Polícia Militar (PM) realizou uma abordagem muito inusitada na cidade de Itapoá, no Norte de Santa Catarina. Por lá, agentes da corporação apreenderam um carro infantil réplica de um Fusca conversível e que usa motor de verdade. Segundo as informações, o minicarro estava andando pelas ruas da cidade.

Homem morre após ser atropelado pelo próprio carro em SC

Em entrevista ao portal “G1” publicada nesta quarta-feira (05), Simone Freitas explicou que o caso aconteceu no último sábado (01), quando os agentes levaram embora o miniveículo, feito para transportar até duas pessoas e destinado ao lazer.

Segundo a fabricante do Fusca conversível, ele pode atingir até 45 km/h e deve ser usado somente em propriedade particular. No entanto, o veículo, que pertence à filha de Simone Freitas, uma menina de sete anos, estava sendo guiado na rua, próximo de uma praia no litoral catarinense, onde a família, que é do Paraná, passava o réveillon.

Fusca conversível
De acordo com a Polícia Militar, o Fusca conversível, que não poderia estar na rua, estava sendo guiado pela dona, uma criança de sete anos. (Foto: reprodução)

Em nota, a PM afirma que agentes da corporação haviam alertado que o veículo não poderia ser utilizado na rua. No entanto, por conta do desrespeito para com a ordem, o “carrinho precisou ser guinchado – na hora da abordagem, além da dona do veículo, a menina de sete anos, o pai da garota também estava no carro.

“O recolhimento aconteceu porque o veículo não oferece condições de segurança, não possui documentação necessária e ainda por ser ‘dirigido’ por uma pessoa não habilitada”, informou a PM, relatando ainda que quem estava conduzindo o carro era a criança.

De acordo com Simone, a afirmação de que os agentes alertaram previamente sobre a proibição de se transitar pelas ruas com o veículo é falsa. “Simplesmente, o policial militar parou a gente e já foi chamando o guincho. Eu fui mostrar a nota fiscal e ele não quis ver”, disse.

Além de ter o carro apreendido, outras sanções foram distribuídas: o pai da garota teve a habilitação suspensa e ainda vai responder criminalmente “por entregar o veículo a condutor não habilitado e menor de idade”.

Fusca conversível continua no guincho

Ao portal “G1”, Simone relatou que tentou retirar da delegacia o veículo de brinquedo que, segundo ela, custou R$ 12,5 mil. No entanto, a tentativa não foi bem-sucedida, pois, na delegacia, ela foi informada que precisaria esperar o fim do recesso do fórum da cidade, que volta seus trabalhos na próxima quinta-feira (06).

Leia também: Acusados de agredir jovem negro no Maranhão podem ser autuados por tentativa de homicídio

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.