Polícia encontra oito corpos na Baixada Fluminense RJ

De acordo com a polícia, os crimes podem ter sido motivados por uma disputa de território

0

A Polícia Militar (PM) encontrou oito corpos em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, no Rio de Janeiro, na noite de ontem, terça-feira (12). Em nota, a Secretaria estadual de Polícia Militar revelou que os agentes da corporação foram acionados para checar informações sobre três corpos na região. Chegando lá, os PMs constataram que havia cadáveres no local.

Leia também: Agiota é morto a tiros ao cobrar dívida de empresário

Ainda em nota, a secretária revelou que, após algumas horas, mais cinco corpos foram encontrados em uma praça da cidade – todos os mortos eram homens.

Os dois locais onde as vítimas foram encontradas foram isolados pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense. De acordo com a polícia, os crimes podem ter sido motivados por uma disputa de território.

Na segunda-feira (11), a PM promoveu uma grande operação para instalar o 1° Destacamento do 39° Batalhão na região. Na ocasião, a corporação prendeu seis acusados de tráfico de drogas e apreendeu sete fuzis, quatro granadas, quatro pistolas, dois revólveres, dois carregadores, um radiotransmissor, munições e drogas.

Também no Rio

Outra ocorrência registrada no Rio de Janeiro na terça (12) foi a prisão de três homens e a apreensão de um adolescente por tráfico de drogas na comunidade do Turano, na Zona Norte da capital.

Além disso, os meliantes são suspeitos de terem efetuado disparos no réveillon que podem ter atingido Alice Pamplona da Silva de Souza, de 5 anos, que não resistiu aos ferimentos e morreu. No momento da prisão houve troca de tiro – um suspeito morreu.

Menina de 5 anos é morta por bala no Rio de Janeiro
A suspeita era que a menina teria sido ferida por fogos de artifício, mas os médicos constataram que ela foi morta por um tiro. (Foto: reprodução)

Segundo o Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE) do Rio, os presos são Wallace Luiz Alves Lincoln de Mattos, Sergio Julio de Oliveira, Denilson Samuel Bitencourt de Araujo. O suspeito morto ainda não foi identificado.

Em nota, a Polícia Civil revelou que na ação foram apreendidas duas pistolas, munição e uma quantidade não contabilizada de drogas e de dinheiro. Os presos responderão pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico, resistência e porte ilegal de arma de fogo.

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.