Polícia destrói plantação de 2 mil pés de maconha no Maranhão

Ao todo, de acordo com a PM, eram dois mil pés de maconha dentro de um matagal fechado

0

Um homem foi preso, na manhã desta segunda-feira (22), suspeito de ser o detentor de uma área com aproximadamente dois mil pés de maconha dentro de um matagal fechado, no Povoado Araras, no Maranhão.

Leia também: PF encontra cocaína em jatinho que levaria ex-jogador do Santos à Europa

De acordo com a Polícia Militar (PM), além dos pés de maconha, os agentes encontraram também uma espingarda cartucheira calibre 28 com cinco munições e uma motocicleta. Ainda segundo a corporação, os policiais deram voz de prisão para o homem, conduzindo-o para a delegacia, juntamente com todo o material apreendido.

Ao todo, de acordo com a PM, eram dois mil pés de maconha dentro de um matagal fechado. (Foto: reprodução)

Mais drogas

Outra ocorrência relacionada ao mundo das drogas, nesta segunda (22), aconteceu em São Luís, na capital do Maranhão. Por lá, a Polícia Civil prendeu um homem suspeito de praticar o que a corporação chamou de “disque-drogas”.

Em nota, a entidade revelou que, após receber uma denúncia anônima sobre um serviço de “Disk-Drogas”, que estava sendo realizado em um bairro da cidade, os policiais decidiram averiguar a situação e constataram que o suspeito recebia os pedidos e saía em sua motocicleta para realizar as entregas das drogas.

“Ele entregava porções de cocaína e utilizada máquinas de pagamento via cartão de crédito e débito“, revelou a Polícia Civil. Ainda de acordo com a corporação, a prisão do criminoso aconteceu no momento em que ele realizava mais uma entrega.

Na hora da prisão, os agentes encontraram uma porção de tamanho médio de cocaína. Na casa dele, os policiais encontraram mais porções de cocaína, uma balança de precisão utilizada pra pesagem da droga e máquinas de pagamento via cartão de crédito e débito.

O preso foi autuado em flagrante pelo crime de tráfico de drogas e encaminhado ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, na capital, onde ficará à disposição da Justiça.

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Instagram para acompanhar todas as notícias!

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.