Pogba desmente notícia de que iria deixar seleção francesa

0

Notícia de última hora, Paul Pogba, negou em sua conta no Instagram que vá deixar a seleção francesa por causa de declarações, do presidente da país, Emmanuel Macron, aribuindo uma morte no subúrbio de Paris como terrorismo islâmico.

Emmanuel Macron, atual presidente da França

Um professor, Samuel Paty, legionário da honra da França, foi assassinado com facadas e, degolado, em caso não esclarecido ainda pela polícia local. No entanto, reportagens do Oriente Médio, soltaram a nota do possível abandono de Pogba da seleção nacional francesa em virtude da postura do mandatário do pais.

No entanto, o volante campeão do Mundo pela França em 2018, se manifestou prontamente no sentido de que se tratava de notícias mentirosas e que não passou pela sua cabeça deixar para trás sua trajetória com o time nacional francês, que gerou o ápice de sua carreira até o momento.

Pogba preza pela sua condição de cidadão francês

Criado por sua mãe e seus dois irmãos, nos subúrbios de Paris, Paul Pogba, não esmorece diante de dificuldades. Podendo, atribuir sua nacionalidade tanto ao local onde nasceu. Bem como o pertencimento a comunidade francesa a qual já prestou tantos serviços como jogador e como pessoa que luta pelas minorias e está em dificuldades e situação de carência.

Ademais, ao contrário de Macron, não tem interesse político em se perpetuar no poder. Não fazendo de sua causa um projeto de poder para oprimir outros cidadãos que buscam se tornar ascendentes em seus projetos e não ficar dependendo de ajudas externar para sobreviver em mais um dia de trabalho.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.