PF executa extradição de traficante brasileiro preso na Argentina

O suspeito estava foragido da Justiça do Brasil desde 2019, quando fugiu da cadeia. Ele foi preso na Argentina no ano passado

0

Um brasileiro que estava sendo procurado pela Justiça do Rio Grande do Sul por conta de crimes relacionados ao tráfico de drogas chegou ao Brasil nesta terça-feira (11). Isso porque o suspeito, que estava na Argentina, foi extraditado em uma operação que envolveu a Polícia Federal (PF) e autoridades argentinas.

Ministro do STF prorroga inquérito que apura se Bolsonaro interferiu na PF

De acordo com a PF, o homem, que não teve seu nome revelado, foi preso em flagrante vendendo drogas em 2015 na cidade de São Borja, no Rio Grande do Sul. Em 2019, ele fugiu do presídio em que estava e foi para a Argentina.

No ano passado, em outubro, ele foi encontrado pela polícia argentina na cidade de Posadas. A captura aconteceu porque a Justiça do Brasil pediu que o nome dele fosse incluído na Difusão Vermelha, lista de procurados da Interpol, pois havia a suspeita de que ele estivesse no país vizinho.

Desde então, o jovem, que tem 25 anos, ficou preso na Argentina até que o processo de extradição fosse concluído. “O preso foi entregue pela Interpol Argentina à Polícia Federal na cidade de Buenos Aires. De lá, embarcou em voo comercial até Porto Alegre”, informou a PF.

Após ter chegado na capital do Rio Grande do Sul, o suspeito foi levado, em um helicóptero da Polícia Civil, até São Borja, onde foi encaminhado ao Presídio Estadual da cidade, informou o órgão federal brasileiro.

O suspeito estava foragido da Justiça do Brasil desde 2019, quando fugiu da cadeia. Ele foi preso na Argentina no ano passado.
O suspeito estava foragido da Justiça do Brasil desde 2019, quando fugiu da cadeia. Ele foi preso na Argentina no ano passado.

Argentina presa pela PF

No relato acima, o preso foi capturado pela polícia argentina, enquanto estava no país vizinho. Nesta terça, a PF informou que uma mulher daquele país foi presa, aqui no Brasil, por agentes da corporação.

A coincidência foi registrada no domingo (09), afirma a Polícia Federal. Segundo a entidade, a moça, que tem 37 anos, foi capturada no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro transportando cocaína oculta na estrutura metálica do puxador da mala.

Segundo as informações, a mulher estava tentando embarcar para Portugal, mas foi surpreendida pelos agentes. “A presa, juntamente com a droga apreendida, foi encaminhada à Superintendência da Polícia Federal no Rio de Janeiro onde ficará à disposição da Justiça Federal”, revelou a corporação, completando ainda que a suspeita responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas, cuja pena pode chegar até 15 anos de reclusão.

Leia também: PRF apreendeu 190% a mais de cocaína e crack no Ceará em 2021

Avalie o Artigo:

Sucesso na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.