PF deflagra operação e prende importante traficante do Espírito Santo

A PF revelou que conseguiu prender o suspeito e ainda cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência do investigado, em um condomínio de alto padrão

0

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta terça-feira (22), uma ação denominada Operação Sucata, que teve como intuito cumprir um mandado de prisão em desfavor de um importante traficante de Garanhus, no Espírito Santo, responsável pelo fornecimento de grandes quantidades de maconha para a região.

Em nota, a entidade revelou que conseguiu prender o suspeito e ainda cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência do investigado, localizada em um condomínio de alto padrão na orla de Vila Velha, no ES.

De acordo com a PF, a investigação busca apurar a existência de um possível esquema refinado de tráfico de drogas, envolvendo a constituição de empresas em nome de laranjas no estado do Mato Grosso do Sul. Essas empresas, apontam a PF, estavam em funcionamento regular do comércio de sucata para mascarar o transporte ilegal de maconha para o Espírito Santo.

Segundo a Polícia Federal, a ação teve início com uma apreensão realizada pela Polícia Rodoviária Federal no dia 3 de agosto do ano passado. “Naquele momento, os policiais encontraram, sob toneladas de sucata, uma tonelada de maconha e prenderam o motorista que conduzia a carreta que transportava a droga”, informou.

PF deflagra operação e prende importante traficante do Espírito Santo
A PF revelou que conseguiu prender o suspeito e ainda cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência do investigado, em um condomínio de alto padrão. (Foto: reprodução)

Além disso, apontou a corporação, existem indícios de lavagem de dinheiro com a constituição de negócios regulares na Grande Vitória, também no Espírito Santo, onde os valores auferidos ilegalmente a partir da venda das drogas seriam então regularmente inseridos na economia, com aparência de legalidade.

“A Polícia Federal busca, com este tipo de ação, investigar e prender traficantes que atuam no fornecimento de grandes quantidades de droga que abastecem as vendas de varejo que ocorrem em diversos pontos da cidade e causam imensos danos à sociedade”, revelou a entidade.

Por fim, a corporação relatou que o investigado, que não teve seu nome revelado, poderá responder pela prática do delito de tráfico interestadual de drogas e lavagem de capitais.

Leia também: PF deflagra operação que investiga fraudes em registros sindicais do antigo Ministério do Trabalho

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.