PF deflagra operação contra roubo de cargas no Rio de Janeiro

Segundo a PF, as investigações sobre a atuação do grupo criminoso começaram no ano passado após roubos registrados em Nova Iguaçu

0

A Polícia Federal (PF) deflagrou, na manhã desta terça-feira (11), uma operação intitulada “Rastreio”. De acordo com a entidade, a ação teve como foco desarticular um grupo criminoso especializado no roubo de cargas da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT).

Em nota, a PF relatou que a operação deflagrada nesta terça teve como intuito o cumprimento de quatro mandados, todos expedidos pela  4ª Vara Federal de São João de Meriti, no Rio de Janeiro. Dessas ordens, duas eram referentes a mandados de prisão preventiva e quatro mandados de busca e apreensão expedidos

As investigações da PF

Segundo a Polícia Federal, as investigações sobre a atuação do grupo criminoso começaram em setembro do ano passado, depois que vários roubos ocorridos no Município de Nova Iguaçu, no Rio, foram registrados.

“Destaca-se que, neste período, o funcionamento regular das atividades da EBCT mostrava-se de fundamental importância para a população local em virtude das consequências advindas da grave pandemia global de Covid-19”, destacou a Polícia Civil.

Segundo a corporação, com o desenvolvimento das diligências, que contaram com o apoio e integração da Coordenação de Segurança Empresarial 01 (CSEP/GSEP), e também das forças de segurança do estado, foi possível identificar alguns integrantes da quadrilha.

“Antes da operação desta terça, a Unidade de Repressão à Crimes Postais efetuou a prisão em flagrante de parte dos criminosos que integravam o bando, o que acarretou a interrupção das atividades criminosas do grupo”, informou.

Por fim, a Polícia Federal destaca que, com a deflagração da operação, será possível abastecer ainda mais as investigações a fim de punir os suspeitos. “A ação também servirá para a colheita de elementos de prova busca-se o robustecimento das investigações e posterior apresentação das provas ao juízo competente a fim de subsidiar a condenação dos investigados”, informou.

PF executa extradição de traficante brasileiro preso na Argentina

Avalie o Artigo:

Está "bombando" na Internet:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.