Pará altera calendário de Auxílio para evitar aglomerações

Governo do Estado do Pará tomou essa decisão por causa das várias aglomerações que estavam acontecendo nos bancos do estado

0

O Governo do Estado do Pará decidiu alterar completamente o calendário de pagamentos do seu auxílio estadual. E tudo por causa das grandes aglomerações que estavam acontecendo nos bancos das cidades paraenses.

De acordo com o calendário antigo, as pessoas que nasciam em determinado mês tinham dois dias para fazer o saque. A partir de agora, essas pessoas passam a ter três dias cada uma. É uma maneira de esticar o prazo e tentar fazer com que as filas diminuam.

Reprodução: Governo do Pará

Não vai ser uma tarefa fácil. Mas o Governo do Estado espera conseguir isso. De acordo com a última atualização, eles já pagaram o Auxílio para cerca de 418 mil pessoas. Isso pelo menos até a última quarta-feira (7).

Esse Auxílio vai para os trabalhadores que estão sofrendo com os fechamentos da pandemia do novo coronavírus. São pessoas que portanto não estão podendo trabalhar neste momento. O valor do Auxílio paraense é de R$ 100 em parcela única.

Estamos falando portanto de um dos menores auxílios estaduais do Brasil. Mas o nível de aglomeração na frentes dos bancos do estado revela que a população está desesperada por uma ajuda. Seja ela de quanto for.

Auxílio do Governo Federal

A preocupação com a aglomeração na frente de agências não é uma preocupação só do Pará. Ainda nesta terça-feira (6), o Presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, pediu para que as pessoas evitassem ao máximo ir para as agências presencialmente.

A preocupação tanto do Governo do Pará como da Caixa Econômica tem um motivo: a pandemia. É que o Brasil já registrou mais 330 mil mortes desde o início da doença por aqui. As aglomerações na frente dos bancos podem fazer essa estatística engrossar ainda mais.

Leia Mais: Governo do Piauí anuncia auxílio para trabalhadores de bares

Leia Também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.