Palmeiras elimina a Universidad Católica e agora terá o São Paulo nas quartas da Libertadores

Verdão confirma favoritismo em casa e, assim, terá arquirrival pelo caminho agora

0

O Palmeiras se classificou para as quartas de final da Copa Libertadores da América na noite desta quarta-feira (21), ao vencer a Universidad Católica do Chile por 1 a 0, no Allianz Parque, em São Paulo.

Isso porque no jogo de ida, na semana passada, no estádio Nacional de Santiago, o time alviverde havia vencido por 1 a 0.

Agora, a equipe comandada pelo técnico português Abel Ferreira terá um grande clássico brasileiro e paulista nas quartas de final.

Afinal, o próximo adversário é o São Paulo, que na terça-feira eliminou o Racing dentro da Argentina.

A última vez que os dois times se enfrentaram em um mata-mata de Libertadores havia sido em 2006, nas oitavas de final, quando o Tricolor levou a melhor.

Porém, agora, o Palmeiras vira a chave da competição continental e volta a pensar no Campeonato Brasileiro, onde lidera.

Assim, já neste próximo sábado (24), recebe o Fluminense, a partir das 19h, novamente no Allianz Parque.

O jogo

Nesta quarta-feira, a Universidad de Chile até começou melhor, mais ofensiva e chegou a ter a primeira chance.

Assim, aos 7min, o atacante Zampedri acertou um voleio, mas sem muita força, e o goleiro Weverton fez defesa tranquila.

Depois, a primeira boa chance do Palmeiras veio aos 14min, com o atacante Deyverson, que desviou de cabeça uma finalização bem perto do gol.

Assim, a pressão aumentou e, dois minutos depois, o mesmo atacante mandou a bola no travessão.

Em seguida, Wesley teve outra boa chance aos 18min e, aos 19min, Deyverson também perdeu boa chance.

Desta maneira, o Verdão foi criando e abriu o placar finalmente aos 35min, com gol do lateral-direito Marcos Rocha.

Na oportunidade, Raphael Veiga concluiu na trave e, na sobra, o lateral mandou para o gol: 1 a 0.

Segundo tempo

Depois do intervalo, o Palmeiras teve grande chance de ampliar com Renan, aos 8min, em finalização que o goleiro Pérez fez grande defesa.

Porém, o time chileno, mesmo com sua limitação técnica, também chegava e aos 18min, com Valencia, teve a chance, mas o atleta mandou de cabeça para fora.

Mais tarde, aos 28min, Zé Rafael poderia ter ampliado, mas novamente o goleiro chileno fez grande defesa.

No entanto, o placar ficou inalterado até o final da partida em São Paulo.

Leia também: Cuiabá vence Atlético-GO em jogo atrasado do Brasileirão e deixa zona de rebaixamento

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.